Header Ads Widget

anigif.gif

NATAL REGISTRA MENOR PREÇO PARA O LITRO DA GASOLINA EM 14 MESES


Exatos 30 dias após a redução do ICMS sobre os combustíveis, a cidade de Natal alcançou o menor preço para a gasolina em um intervalo de 14 meses, segundo pesquisa e cruzamento de dados e feitos pela TRIBUNA DO NORTE. Em postos de diferentes zonas de Natal, já há litro da gasolina comum sendo vendido a um preço mínimo de R$ 5,86, com a maioria dos postos vendendo a R$ 5,99. Em maio de 2021, o preço médio da gasolina na capital, segundo a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis estava em R$ 5,72.

De abril a julho, segundo consultoria consultada pela TN, a redução no preço do litro da gasolina no Estado chegou a R$ 1,47

A reportagem da TN percorreu postos nas quatro zonas administrativas da capital durante essa segunda-feira (1), bem como postos nas cidades de Parnamirim, Extremoz e São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. O preço mais praticado para o litro da gasolina é R$ 5,99, mas há postos que vendem a R$ 5,95 e até R$ 5,86. Em alguns casos, há descontos para pagamentos à vista e para clientes cadastrados em aplicativos ou sistemas de fidelidade.

“São programas de fidelidade que alguns postos possuem. São cashbacks, descontos em aplicativos próprios. Alguns possuem aplicativo da distribuidora, e todos eles oferecem incentivo ao consumidor. É obrigatório que, quando o posto ofereça que tenha a placa com os dois preços”, explica o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do RN (Sindipostos-RN), Maxwell Flor.

“Avaliamos de forma positiva esse primeiro mês de redução de impostos. Temos percebido incremento nas vendas, o pessoal voltando a abastecer. Aquele cliente que colocava R$ 50, ele continua colocando os R$ 50, mas agora leva 5 litros, leva 6 agora, falando em números redondos. Isso acaba aumentando o número de vendas da gente”, acrescenta Maxwell Flor. O presidente acrescenta ainda que apesar das reduções, os postos ainda não recuperaram o patamar pré-pandemia.

De acordo com o consultor de mercado para postos e distribuidoras da Posto Seguro Brasil, Nélio Wanderley, a redução pode estar atrelada a a isenção no imposto PIS/COFINS sobre os combustíveis, do Governo Federal, até o fim do ano, e a mudança nas alíquotas do ICMS sobre os combustíveis por parte dos estados. No RN, esse tributo caiu de 29% para R$ 18%.

“A redução foi extremamente positiva. A redução nos preços do mercado foi exatamente pelos cortes do governo federal e estaduais. Temos preços com flutuação nas faixas que podem ter caído na casa dos R$ 2,00”, explica.

Dados da ANP tabulados pelo consultor apontam que, de abril a julho, a redução no Rio Grande do Norte foi de R$ 1,47. Comparando os Estados do Nordeste, o RN ficou atrás apenas de Piauí (-R$ 2,18) e Sergipe (-R$ 1,77).

O consultor afirma ainda que há a possibilidade do preço baixar ainda mais, uma vez que o barril do petróleo tem sofrido desvalorização no mercado internacional.

“Se o petróleo continuar caindo como está, ele teve um pico de 120 dólares, já caiu para 104, chegou ontem em 103 e está na casa dos 99,78. Se continuar nessa queda, pode vir mais reduções lá na frente para o mercado interno”, comenta.

O ICMS foi reduzido no Rio Grande do Norte no dia 1º de julho deste ano, com efeitos retroativos para o dia 23 de junho, em anúncio do Governo do Estado. Agora, a alíquota aplicada no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) é de 18%, que incide sobre combustíveis, gás natural, energia elétrica e comunicações. A medida teve efeito retroativo ao dia 23 de junho, dia da publicação da Lei Complementar Nº 194/2022.

"Essas medidas devem impactar na casa de R$ 90 milhões por mês em arrecadação do ICMS. O Governo espera que efetivamente essa medida chegue a reduzir os preços dos combustíveis nas bombas, beneficiando a população", declarou à época o titular da Secretaria de Tributação do RN, Carlos Eduardo Xavier. A Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN) chegou a projetar que os preços da gasolina reduzissem em até R$ 1,03 por litro.

Preço médio em Natal nos últimos meses gasolina comum:
Maio/2021: R$ 5,72
Junho/2021: R$ 6,04
Julho/2021: R$ 6,33
Agosto/2021: R$ 6,09
Setembro/2021: R$ 6,55
Outubro/2021: R$ 6,92
Novembro/2021: R$ 7,15
Dezembro/2021: R$ 6,82
Janeiro/2022: R$ 7,06
Fevereiro/2022: R$ 6,94
Março/2022: R$ 7,57
Abril/2022: R$ 7,71
Maio/2022: R$ 7,57
Junho/2022: R$ 7,55
Julho/2022: R$ 6,52
1º de Agosto/2022: R$ 5,99*


Fonte: ANP