Header Ads Widget

anigif.gif

VACINA CONTRA COVID PODE PROVOCAR ALTERAÇÕES NO CICLO MENSTRUAL, DIZ ESTUDO


Um levantamento feito por pesquisadoras norte-americanas com 39.129 mulheres, de forma online, indicou que 42% das entrevistadas observaram algum tipo de alteração no ciclo menstrual, após a aplicação da vacina contra a covid-19. A principal reclamação: sangramento mais intenso.

Nos testes clínicos dos imunizantes, médicos e pesquisadores nunca tinham levado em consideração a menstruação, por isso, a reação não foi observada. No entanto, com as queixas das mulheres imunizadas, o novo estudo incluiu perguntas sobre a menstruação.

As conclusões mostraram que, na maior parte dos casos, as alterações no sangramento ocorrem até 7 dias após a vacinação e tiveram um efeito temporário. Isto é, nos meses seguintes, o ciclo se normalizou.

A ginecologista Marilyn Ribeiro afirma que não há motivos para se preocupar. "Não é uma sequela. É um efeito naquele momento e, depois, tudo recupera e volta ao normal. Não só a vacina do covid, com outras vacinas, elas são muito importantes para prevenção da doença. Então, os efeitos que podem ocorrer como consequência ao uso da vacina, isso é menos do que a doença pode trazer. A vacina tem que ser feita sempre", pondera a especialista.