Header Ads Widget

anigif.gif

SEGUNDO PETROBRAS PREÇO DO DIESEL CONTINUARÁ ELEVADO SE NÃO HOUVER UMA RECESSÃO GLOBAL


Nesta sexta-feira, 29, uma estimativa dos diretores da Petrobras informa que os preços do diesel no segundo semestre deste ano irão seguir elevados, a menos que se concretize uma recessão global. Também foi adiantado pelos diretores que a empresa irá lidar com paradas programadas, resultando em um possível impacto na produção.

É esperado que os preços firmes do diesel (combustível mais consumido no Brasil) cheguem com a aproximação do inverno no Hemisfério Norte, onde, a demanda pelo produto será maior e, também, pelos temores da temporada de furacões nos EUA, segundo Cláudio Mastella, que é o Diretor de Comercialização e Logística da Petrobras.

Também é necessário ficar atento com as paradas nas refinarias da própria empresa, que são necessárias para a segurança operacional..

Segundo Rodrigo Costa Lima e Silva, Diretor de Refino e Gás Natural, a empresa está comprometida em manter relativamente elevado o nível de refino. Dessa maneira, a utilização das refinarias deve ficar em torno de 86% no segundo semestre, tendo em vista as paradas programadas em algumas unidades. Considerando as unidades em operação, a taxa de utilização subiria para 94% a 95%.

Uma parada de 35 dias na unidade de hidrotratamento de diese na Refinaria Gabriel Passos, que fica localizada em Minas Gerais, foi programada pela companhia. De acordo com a reguladora ANP, a refinaria foi a quinta maior produtora de diesel no Brasil em 2021.

Com informações, G1.