Header Ads Widget

anigif.gif

RN REGISTRA CUVAS DE ATÉ 101MM E INMETE ALERTA PARA TEMPO INSTÁVEL


O Rio Grande do Norte segue com previsão de chuvas para esta sexta-feira (8). O Instituto Nacional de Meteorologia emitiu alerta amarelo, com previsão de chuvas de até 50mm para a faixa litorânea do Rio Grande do Norte até o fim desta sexta-feira. Porém, de acordo com o Boletim Pluviométrico publicado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), as chuvas superaram os 100mm nas últimas 24 horas.

Pela medição, das 290 estações ativas, 124 estações registraram chuvas. As maiores precipitações são das regiões Leste e Agreste Potiguar. O período dos dados corresponde das 7h de quinta-feira (7) ao mesmo horário desta sexta-feira.

No Agreste Potiguar, as maiores precipitações são dos municípios de Nova Cruz (57mm) , Brejinho (56mm), Jundiaí (56.4mm) e Monte Alegre (48mm). No centro do estado, os maiores índices foram registrados em Cerro Corá, Lagoa Nova e Jardim de Angicos e chegam a precipitação máxima 26.4 mm.

No Leste Potiguar, com os maiores índices de precipitação de chuvas, as maiores chuvas acontecem em Vila Flor (101.6mm), Pedro Velho (79.4), Montanhas (78.7) e Extremoz (69.9). Já as menores precipitações foram verificadas nos municípios de São Miguel do Gostoso, Maxaranguape, Touros e Natal que contou com o maior índice de 8mm.

Já na região Oeste do Rio Grande do Norte, as maiores precipitações de chuvas variam entre 21mm a 41.2 mm e contemplam as cidades de Serra do Mel, Riacho da Cruz e Ipanguaçu. Ainda nesta área do estado, não foram registradas precipitações em Antônio Martins, Itaú, Major Sales, São Francisco do Oeste , Tenente Ananias e Tibau.

Chuvas continuam

Nesta sexta, o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) já havia registrado 40mm de chuvas em Natal, mais especificamente no bairro de Ponta Negra. A STTU listou diversos pontos de alagamento pela cidade desde a zona Norte até a zona Sul da capital, enquanto o interior também segue com transtornos causados pelas precipitações.

Pela previsão, a tendência é que as chuvas continuem durante todo o fim de semana, mas com intensidade menor do que as do fim de semana passado, quando havia o alerta vermelho do Inmet e previsão de chuvas superiores aos 150mm.