Header Ads Widget

anigif.gif

LULA AGRADECE PETISTA QUE EMPURROU EMPRESÁRIO CONTRA PARA-CHOQUE DE CAMINHÃO


O ex-presidente Lula (PT) agradeceu o ex-vereador Manoel Eduardo Marinho, de Diadema (SP), conhecido como Maninho do PT. Ele foi preso preventivamente em maio de 2018 por agredir o empresário Carlos Alberto Bettoni.

O empresário foi agredido depois de gritar ofensas contra o PT em frente ao Instituto Lula, em São Paulo. Maninho empurrou Carlos Alberto, que bateu a cabeça em um caminhão que passava no local.

Bettoni foi internado no hospital São Camilo e teve alta no final de abril de 2018.

“O companheiro Maninho, por me defender, ele ficou preso 7 meses porque resolveu não permitir que um cara ficasse me xingando na porta do instituto”, disse Lula.

“Quero em teu nome agradecer a toda a solidariedade do povo de Diadema. Foi o Maninho e o filho dele que estiveram nessa batalha. Essa dívida que tenho com você jamais a gente pode pagar em dinheiro. A gente pode pagar em solidariedade e companheirismo”.

A declaração aconteceu em um evento na cidade do interior paulista que confirmou Márcio França (PSB), antes pré-candidato ao governo do estado, como pré-candidato ao senado na chapa com Haddad