Header Ads Widget

anigif.gif

JUÍZES ELEITORAIS TÊM FÉRIAS PROIBIDAS DURANTE PERÍODO ELEITORAL, APROVA TRE


Juízes eleitorais do Rio Grande do Norte estão vedados de tirarem férias no período de 1° de agosto a 31 de outubro deste ano, em função das Eleições 2022. A resolução foi aprovada na plenária do Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE-RN) nesta quinta-feira (7).

O TRE tem um aumento significativo de demandas em período eleitoral, por isso foi debatida e aprovada a resolução

A minuta, que foi apresentada pelo desembargador Gilson Barbosa, presidente do TRE, foi aprovada à unanimidade. A norma também versa sobre a vedação de concessão de licenças e afastamentos dos juízes. E deve ser publicada no Diário da Justiça desta sexta-feira (8).

A discussão sobre o tema teve início na sessão do dia 28 de junho, quando o desembargador Claudio Santos, corregedor eleitoral, propôs a resolução em virtude do acréscimo das demandas neste período.

Biênio 2022-2024

Ainda na ordem administrativa da sessão, o desembargador Gilson Barbosa comunicou a data da eleição para escolha do presidente e vice-presidente/corregedor eleitoral do TRE-RN para o biênio 2022-2024. A escolha acontecerá na Sessão Plenária da próxima terça-feira (12).

No dia 1° de junho, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande Norte definiu os nomes dos desembargadores Cornélio Alves e Expedito Ferreira como os indicados a compor a eleição realizada no TRE-RN. Como suplentes, respectivamente, foram eleitos os desembargadores Saraiva Sobrinho e Zeneide Bezerra.⁣