Header Ads Widget

anigif.gif

CAMPEÃO DO 1º TURNO DA SÉRIE B, CRUZEIRO DERROTA NOVOHORIZONTINO EM MG


Desde a véspera, o Cruzeiro já sabia que o simbólico título de campeão do primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro estava garantido, já que o Vasco - derrotado no sábado (16) pelo Sampaio Corrêa - não podia mais alcançá-lo. Neste domingo (17), a equipe mineira deu mais motivos para o torcedor comemorar ao bater o Novorizontino por 2 a 1, no Mineirão, e abrir sete pontos de vantagem na liderança da competição ao final da 18ª rodada. A equipe soma 41 pontos. Adriano e Rafa Silva marcaram para a Raposa e Quirino fez o gol do time paulista.
Mesmo após a eliminação para o Fluminense na Copa do Brasil na última terça (12), a torcida compareceu em peso ao Mineirão, que teve público de mais de 46 mil presentes. A equipe visitante começou melhor, mas foi o Cruzeiro que saiu na frente. Aos 20 minutos, após cruzamento da direita, a bola atravessou a área e encontrou Adriano livre. Ele cabeceou no contrapé do goleiro Lucas Frigeri e marcou. O gol demorou cinco minutos para ser validado, após checagem do VAR por possível desvio de Pais que caracterizaria impedimento do autor do gol.

Na segunda etapa, o Novorizontino, que já não atuava tão bem como no primeiro tempo, acabou por conseguir o empate. Aos 28, Quirino foi lançado pela direita, avançou até praticamente a linha de fundo, cortou a marcação e chutou no canto esquerdo do goleiro Rafael Cabral para igualar.
Porém, dez minutos depois, a Raposa voltou a ficar à frente do placar. Rafa Silva, que havia entrado cerca de 15 minutos antes, recebeu na direita e chutou quase sem ângulo, próximo à linha de fundo. Lucas Frigeri deixou o canto aberto e acabou vencido.

O triunfo por 2 a 1 também significou uma recuperação na Série B, já que na rodada passada o Cruzeiro havia sido derrotado pelo Guarani. O próximo compromisso da equipe mineira é diante do CSA, em Maceió, na quarta-feira (20). No mesmo dia, o Novorizontino - 11º colocado com 23 pontos - recebe o Operário.
Chapecoense derrota o Náutico e sai do Z-4

Em Recife, Náutico e Chapecoense entraram em campo pressionados, já que ambos iniciaram o jogo dentro da zona de rebaixamento. A Chapecoense acabou levando a melhor, de virada, por 2 a 1. Todos os gols foram marcados na segunda etapa. Geuvânio - ex-atleta do time catarinense - abriu o placar para o Timbu e Léo e Xandão conseguiram reverter para a Chape. Com o resultado, a equipe de Chapecó pulou para a 13ª colocação, com 21 pontos. Com três a menos, dentro do Z-4, o Náutico é o 18º. Na próxima rodada, as duas equipes jogam na quarta: o Timbu visita a Ponte Preta e a Chape recebe o Guarani.