Header Ads Widget

anigif.gif

RN GANHA 60 NOVOS PROFESSORES PARA ATUAREM NA EDUCAÇÃO


“Assim como Paulo freire, entendemos que a educação é um ato político, ético, social e histórico”. A fala expressa por Yeda Maria Péricles representa o entendimento dos 60 novos professores diplomados nesta segunda-feira (27). A Assembleia de Colação de Grau foi realizada no Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy (IFESP), com a presença da governadora Fátima Bezerra, patrona das turmas de Pedagogia, Letras e Matemática.

A cerimônia foi aberta pela diretora geral do IFESP, Marcia Maria Alves de Assis. “É uma grande satisfação estar aqui na noite de hoje, festiva, nessa assembleia de conclusão de curso, onde a gente recebe nossa governadora como patrona de todas as turmas concluintes.”

Ao saudar os formandos, a governadora Fátima Bezerra afirmou ser “um momento ímpar. Estamos celebrando a formação de 60 novos professores e professoras que a partir de agora irão atuar para transformar vidas na Educação Básica e que igualmente tiveram suas vidas transformadas aqui no IFESP”.

Para a chefe do Executivo estadual, que também é professora e pedagoga, mais do que a qualificação para o mundo do trabalho, a educação é um instrumento de libertação e emancipação humana. Ela citou Paulo Freire, patrono da educação no Brasil, para afirmar que quando fala em transformar vidas, não é nenhum exagero. “Eu mesma sou uma sobrevivente do destino reservado à parcela significativa do nosso povo. Alguém como eu, expulsa da terra natal pela falta da educação formal, tendo que trabalhar desde muito cedo, tinha tudo para não ter chegado aonde cheguei”, avaliou Fátima Bezerra.


A Assembleia de Colação de Grau graduou alunos dos cursos de pedagogia, letras e matemática

Ao destacar os investimentos do governo na área da Educação, a governadora lembrou das dificuldades orçamentárias, uma dívida herdada de quatro folhas de pagamento dos servidores em atraso e do enfrentamento à pandemia da covid-19. “Mas nada impediu que trabalhássemos incansavelmente para transformar o Rio Grande do Norte, colocando a Educação no centro, não como um dado estatístico, muito menos como um problema”, ressaltou Fátima.

Na ocasião, governadora fez a inauguração do Espaço de Convivência Paulo Freire no IFESP. O local conta com capacidade para 150 pessoas e recebeu investimento de mais de R$ 45 mil. O pátio coberto possibilitará o desenvolvimento de práticas pedagógicas, realização de eventos, exposições e outras atividades.

Valorização do Magistério

“Não tenho medo de afirmar, nesses mais de três anos de governo, nós estamos fazendo no campo da educação o que não foi feito por décadas neste Estado”, assegurou a chefe do Executivo estadual, lembrando que ao longo destes mais de três anos de gestão, foi respeitado e aplicada a Lei do Piso, assegurando 56% de aumento acumulado nos salários dos profissionais do magistério, garantindo paridade entre ativos e aposentados, e contemplando toda a carreira do magistério.

Em relação à carreira, o Governo do Estado do Rio Grande do Norte investiu na progressão e promoção, processos que estavam parados, desde 2015. Foram mais de 12 mil profissionais contemplados. Outro aspecto destacado pela governadora para a meta da valorização do magistério foi a garantia de ingresso por concurso público. Desde o início da gestão, cerca de 7 mil professores já foram convocados, entre temporários e efetivos, para atender todas as nossas 16 DIRECs. Entre estes, foram convocados 3.162 candidatos para o quadro permanente de professores e especialistas em educação, entre 2019 e 2022.

Programa Nova Escola Potiguar

Criado pelo Governo do RN, o Programa Nova Escola Potiguar vai instalar escolas técnicas baseadas nos modelos dos Institutos Federais. No estado, cinco já estão sendo construídas. Cada uma poderá atender entre 1.200 e 1.500 alunos.

“Com isso, nós estamos dando um pontapé extraordinário para que dentro de alguns anos nosso Estado seja referência em educação profissional e desenvolvimento de tecnologias e inovação com a construção de 12 IERNS em todo o Rio Grande do Norte”, assegurou a governadora.

Os institutos irão se somar às onze escolas profissionalizantes já existentes. As novas escolas terão prédios adequados e equipamentos de última geração para uma educação de qualidade. O programa prevê ainda a construção de 10 novas escolas padrão, reforma de pelo menos 60 escolas e recuperação de outras 100. Também promove a Geração Conectada, modernização da gestão com valorização e capacitação dos profissionais e as ações para superação do Analfabetismo.

Para o secretário estadual de Educação, Getúlio Marques, a “educação pública do Rio Grande do Norte nunca recebeu uma atenção e um investimento dessa magnitude. A continuar nessa pegada que nós estamos, teremos uma educação estadual no Rio Grande do Norte digna e comparada a qualquer ensino de bom nível do mundo”.

IFESP

O IFESP é vinculado à Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer do RN. Atua na formação de muitos educadores que ainda não possuem a graduação em nível superior e para aqueles que desejam o acesso à formação continuada. Em 1993, foi transformado em Instituto de Formação de Professores Presidente Kennedy. Em 2001, passou a se chamar Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy – IFESP.


Na ocasião, governadora fez a inauguração do Espaço de Convivência Paulo Freire no IFESP

O instituto atende uma média de 700 alunos em diversos municípios do RN distribuídos em 30 turmas, com cursos de graduação, pós-graduação, pesquisa e extensão. Conta com 43 professores que atuam nos cursos de Graduação, Extensão e Pós-graduação. A graduação oferece três cursos: Pedagogia - Licenciatura, Licenciatura em Matemática e Licenciatura em Letras – Habilitação Língua Portuguesa. Na pós-graduação Lato Sensu são oferecidos cursos de especialização em seis áreas.

Compõem o complexo educacional as escolas estaduais Edgar Barbosa, Presidente Kennedy, Joaquim Torres e Manoel Vilaça. Para essas instituições, o IFESP reserva parte das vagas dos cursos ofertados para professores e gestores. A instituição trabalha junto à Capes na implantação de Mestrado Profissional.

Mesa da Assembleia de Colação

Além dos já citados, integraram a mesa da Assembleia de Colação de Grau a coordenadora do curso de Licenciatura em Letras – habilitação em Língua Portuguesa, a professora Liédja Lira da Silva Cunha; o coordenador do curso de licenciatura em Matemática, professor José Damião Souza de Oliveira; coordenador do curso de graduação em Pedagogia, professor Paulo Roberto Lima de Souza; e a paraninfa da turma de Matemática 2017.2, professora Wguineuma Pereira Avelino, no ato representando todas as paraninfas das demais turmas; a vereadora de Natal, Divaneide Basílio, representando a Câmara Municipal de Natal; e a deputada federal Natália Bonavides, ambas homenageadas pelas turmas.