Header Ads Widget

anigif.gif

PARA SUPERAR CRISE E BUSCAR LIDERANÇA DA COMPETIÇÃO, ABC ENFRENTA BOTAFOGO-PB


Chegou a hora de saber se a crise aberta entre o principal jogador da equipe, Wallyson, e o treinador Fernando Marchiori foi capaz de gerar algum prejuízo ao ABC, que vem forte da disputa da Série C e luta contra o Botafogo-PB, adversário de hoje no estádio Almeidão em João Pessoa, e contra o Mirassol pela liderança da competição. Na partida marcada para às 17 horas, potiguares e paraibanos vão disputar qual deles terá condições de desbancar o clube paulista da ponta de cima da classificação. Pivô do clima ruim que surgiu na reta final de preparação do elenco para o confronto, Wallyson não foi relacionado.

O presidente Bira Marques em entrevista ao programa Tribuna Esporte, na Rádio JP News, se esquivou de falar sobre a situação de estremecimento entre o treinador, que vem realizando um bom trabalho e o atleta que é apontado como o maior ídolo do clube na era Frasqueirão. O dirigente disse que não ouviu o relato das partes nas redes sociais, mas mandou retirar do ar o vídeo onde Marchiori e os demais membros da comissão técnica rebateram Wallyson. A diretoria resolveu deixar a condução do caso sob os cuidados de Bira Marques, daqui por diante.

Frente a importância do confronto que a equipe terá hoje, pela nona rodada da Série C, o ABC resolveu abafar a crise interna e voltar o foco completamente para o Botafogo. O atacante Henan, que já conseguiu balançar a rede adversária no primeiro jogo como titular, é nome certo na equipe que vai a campo hoje e disse que os torcedores natalenses que forem apoiar o clube no Almeidão, verão o clube atuar da mesma forma que faz no Frasqueirão.

"O ABC não modifica o seu estilo de jogo, ele independe do local onde o clube jogar, essa é a nossa forma de atuar. Nós vamos a campo sempre com o pensamento de pressionar o adversário e buscar os três pontos. Sabemos das dificuldades que iremos encontrar frente ao Botafogo, que também vem fazendo uma grande Série C, a partida pode definir muita coisa na parte de cima da tabela. Então iremos entrar com os pés no chão, mas sem tirar do foco a conquista dos três pontos", disse.

Satisfeito com o desempenho que vem conseguindo apresentar, o jogador já conseguiu tirar a pressão de marcar o gol com a nova camisa e acredita que agora vai atuar de forma mais leve.

"Atacante sempre busca fazer o gol, eu fui feliz em marcar logo no primeiro jogo que tive a oportunidade de entrar como titular no Frasqueirão, estou bem satisfeito e espero dar uma boa sequência ao trabalho. Nossa equipe possui um ataque e uma saída de jogo muito veloz e isso acaba se refletindo no número de oportunidades criadas. Acredito que o trabalho vem sendo bem feito, o nosso torcedor pede uma equipe ofensiva", destacou.

Henan acredita que com a volta de alguns titulares que não puderam entrar em campo na última rodada, seja por motivo de suspensão por cartões ou por estarem contundidos, a equipe potiguar vai entrar ainda mais forte para encarar os paraibanos.

"Os jogadores que estavam suspensos na última rodada estarão de volta ao grupo e a vitória diante do Brasil serviu para demonstrar a força do nosso elenco, que mesmo com baixas importantes, conseguiu vencer bem o adversário. Posso garantir que estaremos ainda mais fortes nesse confronto na Paraíba e, se Deus permitir, iremos realizar mais uma grande partida", salientou.

O Botafogo também vem forte na competição, prova disso é que completou um mês sem saber o que é derrota. A última vez que saiu de campo lamentando um resultado foi no dia 1º de Maio, quando foi batido pelo Ferroviário, em Fortaleza. Depois a equipe emendou uma sequência forte de vitórias e empates. Ele bateu o Altos e o Vitória, empatou com o rival Campinense e na rodada passada venceu o Volta Redonda no Rio.O técnico Gerson Gusmão perdeu para temporada o lateral esquerdo Lucas Gabriel, que rompeu o ligamento cruzado do joelho; outro lateral, Bruno Ré, vai ficar 90 dias fora, com uma lesão na coxa esquerda. Para a posição, a diretoria trouxe o lateral Gustavo Salomão de 24 anos.