Header Ads Widget

anigif.gif

AMÉRICA VACILA, TOMA GOL NO ÚLTIMO MINUTO E FICA NO EMPATE CONTRA O SÃO PAULO CRYSTAL


O América foi ao estádio Almeidão, em João Pessoa-PB, e viu a vitória escapar no último minuto de jogo. O empate por 1 a 1 com o São Paulo Crystal, com gols de Araújo para os potiguares e Isaías para os paraibanos, frustrou os planos do Alvirrubro, que se tivesse segurado a vitória, dependeria apenas dos seus resultados na Arena das Dunas para atingir o patamar de pontos que garantirá um clube na segunda fase da Série D. O Alvirrubro agora chegou aos 14 pontos e corre o risco de perder a posição no G-4, do grupo 3, para o Icasa ainda na nona rodada. No Barrettão o Globo venceu o Crato por 3 a 0 e entregou a lanterna do grupo para os cearenses.

O América que entrou em campo no estádio Almeidão com a responsabilidade de trazer um bom resultado para Natal, foi prejudicado pelas condições do gramado, que encharcado, impedia que o time potiguar realizasse seu jogo de toque de bola e nivelava o confronto por baixo.

Então a partida ficou sendo disputada muito mais com os jogadores tendo de demonstrar a imposição física, que propriamente buscar as jogadas de habilidade. O que levou à qualidade técnica lá para baixo e pouco se viu produtivo das equipes até os 25 minutos, quando o time potiguar conseguiu criar a primeira jogada mais aguda. Wallace Pernambucano descolou um bom passe para Araújo, que dentro da área, bateu, mas não conseguiu tirar a direção de cima do goleiro, que defendeu.

Mas o lance parece ter servido como um ensaio, porque na outra oportunidade Araújo não perdoou. Ele acertou um belo chute, totalmente fora do alcance de João Manoel, que nada pôde fazer para evitar o primeiro gol alvirrubro.

O gol animou o América que continuou em cima dos paraibanos em busca de ampliar a vantagem, o goleiro João Manoel teve de trabalhar dobrado para evitar que dois chutes seguidos: de Wallace Pernambucano e Wlliam Marcílio, tomassem o endereço das redes do São Paulo Crystal.

O segundo tempo iniciou com 14 minutos de atraso devido a uma confusão no estádio Almeidão, entre torcedores americanos e representantes da torcida do Botafogo-PB, que resultou em carros quebrados, torcedores saindo de maca e outros foram presos.

Com a bola rolando, a situação do São Paulo que já era complicada, ficou ainda pior quando o lateral-direita Luanderson simulou um pênalti e acabou recebendo o segundo cartão amarelo e, por consequência, o vermelho, sendo expulso de campo aos cinco minutos. Logo depois William Marcílio desperdiçou uma boa oportunidade de ampliar a vantagem alvirrubra, após receber um bom passe de Elvinho.

A situação estava sendo muito bem controlada pelo time natalense, que conseguia matar qualquer ameaça do São Paulo Crystal no nascedouro. Com o placar favorável e praticamente sem ser ameaçado, o Alvirrubro jogava com paciência, trocando passes em busca de brechas no sistema defensivo adversário. Cobrando falta, aos 25 minutos, Téssio que havia acabado de entrar no jogo, obrigou o goleiro paraibano a realizar outra boa defesa.

O América relaxou e quase levou o empate numa das raras subidas dos paraibanos ao ataque na segunda etapa. Mateus Martins se aproveitou de uma bola erguida na área, desviou de cabeça, mas viu ela bater na trave e voltar nas mãos de Bruno.

Nos minutos finais, os donos da casa foram para o tudo ou nada, passaram a controlar a posse de bola e criar situações embaraçosas para o goleiro Bruno, que viu a bola circular com mais frequência dentro de sua área. A insistência foi premiada com uma penalidade, no minuto final (49’) para o Crystal. Isaías foi para bola, bateu com competência e deixou tudo igual no placar. Para o descontentamento dos torcedores potiguares que compareceram à capital paraibana.

Na próxima rodada haverá novamente o confronto entre potiguares na Arena das Dunas, onde o América irá receber o Globo.