Header Ads Widget

anigif.gif

“SEM DÓ, NEM PIEDADE” REFORMA PREVIDENCIÁRIA DO REGIME PRÓPRIO DE MACAU PENALIZA APOSENTADOS E PENSIONISTAS DA MACAPREV


REFORMA PREVIDENCIÁRIA PREJUDICA APOSENTADOS E PENSIONISTAS DA MACAUPREV

A alíquota de contribuição veio para câmara de forma linear, sem dó nem piedade, uma proposta nada agradável para as pretensões de aposentados e pensionistas da previdência própria do município, esses trabalhadores que já contribuíram durante todo o período em que estiveram na vida ativa, agora ter que arcar com mais essa despesa que não trás beneficio algum, mas aumenta o percentual, em 14%, para desespero geral dos contribuintes da MACAUPREV.

E aqui vale um apelo aos vereadores: que não aceitem tal reforma nesses moldes. Construam com os servidores, em forma de audiência pública, reunião ou meios que possam dialogarem e propor uma forma progressiva para que essa alíquota pelo menos alcance o teto de forma progressiva e o desconto não impacte tanto para os servidores, assim como fez o governo do estado.

Outro ponto que merece atenção está no artigo 57 que nivela os aposentados e pensionistas que recebam acima do salário mínimo com a mesma alíquota dos 14%. Uma medida cruel com essa parcela de servidor que, mesmo um aposentado recebendo 2 salários mínimos, sofrerão com esse impacto, já que além do desgaste no valor do salário, ainda convive com despesas, com medicamentos, saúde e outros gastos fixos na vida de um idoso.

Essa discussão precisa partir do legislativo com as partes interessadas para que possam amenizar a pancada imediata desse desconto, tanto para os ativos, quanto... para os aposentados e pensionistas.