Header Ads Widget

728x90cm-CELULAR

POR ATRASO NO PAGAMENTO COOPERATIVA MÉDICA SUSPENDE ATENDIMENTO PARA PREFEITURA DE NATAL


Médicos que fazem parte da Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte suspenderam o atendimento SUS em vários hospitais de Natal. Eles alegam atraso no repasse feito pela prefeitura.

Os procedimentos de alta e média complexidade - incluindo as cirurgias eletivas - estão suspensos desde o último dia 5.

Em comunicado destinado aos médicos de alta e média complexidade, a Coopmed-RN informou que "não recebeu nenhum repasse referente ao SUS que encontra-se em atraso" e que, "sendo assim, manteremos a paralisação até que tenhamos alguma sinalização do pagamento".

A dívida com 200 médicos é referente a três meses de atraso e chegaria a R$ 3,5 milhões, segundo a Coopmed.

Em Natal, há convênio vigente com hospitais da Liga Contra o Câncer, Rio Grande, Memorial, Paulo Gurgel, Hospital do Coração e Varela Santiago.

No Hospital Rio Grande, por exemplo, houve redução de 75% nas cirurgias cardíacas, oncológicas e ortopédicas.

O g1 tentou contato com a prefeitura de Natal, através da Secretaria Municipal de Saúde, mas até a última atualização desta matéria não houve retorno.