Header Ads Widget

728x90cm-CELULAR

ABC inicia luta pelo acesso fazendo 3 a 1 no Ferroviário, atuando em Juazeiro do Norte-CE


Com um primeiro tempo quase perfeito em termos de finalização, quando em quero chutes arriscados, a equipe conseguiu marcar três gols, o ABC bateu o Ferroviário por 3 a 1 e estreou bem na Série C do Brasileiro. Os gols da equipe potiguar foram de Kelvin (2) e Jefinho, enquanto os cearenses descontaram com Dudu, na partida realizada na cidade de Juazeiro do Norte-CE.

Estreando frente a uma equipe que vinha de derrota e necessitava de recuperação, no estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte-CE, por estar jogando em casa, o ABC segurou os primeiros minutos, apenas procurando conter o ímpeto do Ferroviário, que buscava abrir vantagem e obrigou o goleiro Pedro Paulo aparecer bem logo nos minutos iniciais.

Porém bastou uma bobeada da marcação cearense e uma escapada de Kelvin, em velocidade, para o time natalense surpreender o Ferrim. Após receber uma boa virada de bola, do companheiro de ataque, também imprimindo muita velocidade, Fábio Lima venceu o seu marcador na velocidade e cruzou, na medida, para Jefinho testar e fazer o primeiro gol do jogo, aos 6 minutos.

Na busca de desestabilizar a equipe potiguar, até o treinador Roberto Fonseca deu um toco no lateral Felipinho, num lance em que a arbitragem acabou não percebendo. O Ferroviário apertou em busca do empate, mas o ABC voltou a levar a melhor com Kelvin, que recebeu a bola na entrada da área, limpou a marcação e bateu para fazer um golaço, aos 19 minutos de partida.

Enquanto o time natalense demonstrava um senhor aproveitamento nos arremates para o gol, o Ferroviário até que conseguia armar bons ataques, mas o pecado estava nas finalizações. Emerson Souza voltou a fazer Pedro trabalhar só após os trinta minutos, o goleiro abecedista deu rebote mas Ícaro chegou primeiro no lance e livrou o perigo.

Em dia de bastante inspiração, o ABC voltou a iludir a zaga cearense, numa jogada espetacular de Felipinho, que recebeu na área driblou o marcador, foi a linha de fundo e cruzou para trás, Kelvin, bem colocado, surgiu para bater no canto e fazer o terceiro gol, aos 39 minutos, deixando o adversário atônito dentro de campo.

No segundo tempo,o ABC conseguia controlar a situação jogando em cima do desespero dos donos da casa, mas uma falha de Pedro Paulo, que excedeu os seus segundos com a bola na mão, assinalado pelo árbitro, acabou em gol de Dudu para o Ferroviário, que ganhou a animação necessária para procurar uma sorte maior, logo aos 8 minutos.

Animados, os donos da casa continuaram buscando o ataque, enquanto o ABC perdeu força ofensiva com a troca de Fábio Lima por Matheus Rocha. Mas vez ou outra a equipe achava um bom ataque, mas a pontaria não se mostrava tão apurada quanto na etapa anterior.

Aos 36, o treinador Fernando Marchiori optou por trocar Kelvin por Raphael, tirando o jogador mais consciente em termos ofensivos na partida, que na medida em que ia se aproximando do final, fazia os ânimos se acirrarem entre os atletas. O volume de faltas de lado a lado também aumentou, o que servia para o Alvinegro fazer o tempo passar e segurar a vantagem.

O ABC acabou a etapa complementar sem realizar finalizações ao gol adversário, enquanto o Ferrim não teve força para buscar a diferença grande no marcador.

O próximo confronto do ABC será na terça-feira, no Frasqueirão, contra o Paysandu, em jogo atrasado da primeira rodada.