Header Ads Widget

728x90cm-CELULAR

GUAMARÉ: PREFEITO RECEBE SINDICATO DOS PROFESSORES MAIS NÃO CHEGAM A UM DENOMINADOR COMUM


Sindicato dos professores e o prefeito, Arthur Teixeira, estiveram reunidos na semana passada na tentativa de chegar a um denominador comum, porém, sem sucesso, as reivindicações da classe trabalhadora na educação em Guamaré têm se intensificado nos últimos dias em prol da valorização dos salários dos professores do magistério, a luta tem sido árdua e constante na tentativa de sensibilizar o gestor do município.

O (SINTE/RN) sindicato da classe trabalhadora em educação tem feito sua parte, cobrando medidas ao prefeito, Arthur Teixeira, para que seja cumprida a lei. O Piso Salarial Nacional dos Profissionais do Magistério da Educação Básica Pública, para o ano de 2022, é de R$ 3.845,63 - o valor para jornada completa de 40 horas.

A milionária Guamaré, somente do mês de janeiro até 23 de março deste ano, já arrecadou mais de R$ 40 milhões, mesmo com essas receitas tão volumosas, a gestão Arthur Teixeira, se recusa a pagar o aumento de 33,24%, concedido pelo governo federal aos professores.

"Segundo trabalhadores da educação do município, que não quiseram se identificar, a recusa em cumprir a lei do Piso Salarial Profissional Nacional – Lei nº 11.738, de 16/7/2008 - parte do próprio prefeito, Arthur Teixeira, que não aceita que alguns professores graduados em nível superior que possuem vantagens de cargos, carreiras e salários, tenham uma remuneração maior que a dele".

O piso é lei federal! será que o prefeito não irá cumprir a lei do piso nacional?