Header Ads Widget

728x90cm-CELULAR

Chapa de oposição deve ser anunciada próxima semana


As direções estaduais do PSDB e MDB só devem anunciar na próxima semana, oficialmente, a formalização de uma chapa majoritária para as eleições de outubro deste ano. No domingo (20), os presidentes dos dois partidos - deputados, Ezequiel Ferreira (estadual) e Walter Alves (federal), respectivamente - fizeram postagens anunciando o fechamento de uma aliança político-eleitoral para 2022 entre os dois partidos. Do lado do governo do Estado, há informações de que a governadora Fátima Bezerra (PT) tem reunião agendada com Ezequiel Ferreira, para os próximos dias.

Ezequiel Ferreira (PSDB) e Walter Alves (MDB) confirmaram aliança político-eleitoral, mas não anunciaram a chapa majoritária

Nenhum dos dois partidos fizeram até agora, declarações oficiais sobre lançamento de uma chapa que teria Ezequiel Ferreira como pré-candidato a governador e Walter Alves a vice. A ideia é esticar um posicionamento público até às vésperas de 1º de abril, prazo estabelecido na legislação eleitoral para migrações de filiações partidárias, quando os dois partidos esperam ter algumas definições sobre possíveis chapas para deputados federal e estadual.

O possível rompimento político do presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira, com o governo, ainda é tratado com reservas pelo lado governista. O chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves, afirmou: “até o momento não fomos comunicados pelos deputados, ambos presidentes dos seus respectivos partidos, que essa seria a chapa da oposição”.
“Até o momento, não fomos informados da interrupção do diálogo que estamos, ou estávamos, mantendo. Entendo que respeito, sinceridade e franqueza é essencial entre interlocutores para haver credibilidade no diálogo e é isso que aguardamos”, destacou o chefe do GAC.

O líder do governo na Assembleia, deputado estadual Francisco do PT, afirmou o seguinte: “sobre estas questões que envolvem uma possível candidatura do presidente Ezequiel a governador, não tenho como me pronunciar sem uma confirmação oficial”.

Francisco do PT disse, ainda, que até pelos contatos que manteve, na manhã desta segunda-feira (21), Ezequiel Ferreira “não formalizou e nem confirmou esta possibilidade [de candidatura a governador pela Oposição]”.

O deputado Francisco do PT também afirmou que continua vendo Ezequiel “como um importante aliado, inclusive com participação no governo com cargos importantes indicados por ele”.

A declaração de Ezequiel Ferreira no Instagram agradecendo “a confiança e amizade” de Walter Alves rendeu mais de 730 comentários de apoio em sua maioria, até noite desta segunda-feira, como oa dos prefeito de Bom Jesus, Clécio Azevedo; Alan Silveira, de Apodi; Galo de Florânia; Cláudio Marques, de Coronel Ezequiel; Joãozinho Furtado, de Serra Caiada; Luciano Santos, Lagoa Nova; vereadores natalenses Kleber Fernandes (PSDB) e Herberth Sena (PL), Aldo Clemente (PDT) e o presidente estadual do PTB, Getúlio Batista.
Na rede social de Walter Alves foram 423 comentários.

Os dois partidos formalizam uma aliança política calcada em apoio, inicialmente, 70 dos 167 prefeitos eleitos em 2020, sendo 39 do MDB 31 do PSDB, inclusive o prefeito de Natal, Álvaro Dias.