Header Ads Widget

728x90cm-CELULAR

Fábio Faria e Rogério Marinho definem prazo para decidir quem vai se candidatar ao Senado


A novela sobre a definição da candidatura dos atuais dois ministros potiguares para o Senado tem um prazo para o fim. Fábio Faria, ministro das Comunicações, e Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, acordaram que o nome para disputar o pleito nas eleições deste ano será definido até o fim de fevereiro. Os ministros confirmaram o consenso, com o prazo estipulado, por meio de publicações nas redes sociais, na manhã desta sexta-feira (11).

Como recomendado pelo presidente, a decisão de quem vai se candidatar ao Senado decorrerá de consenso entre os ministros

O primeiro a se pronunciar sobre a decisão foi Rogério Marinho. Ele disse que está unido com Fábio em prol de um projeto de mudanças no Brasil e no Rio Grande do Norte. "Nossas pré-candidaturas ao Senado irão, no momento oportuno, convergir para um nome que, junto ao bloco de oposição, apresentará projeto consistente para mudar o pacto da mediocridade a que estamos submetidos em nosso estado. Até o fim do mês teremos essa definição".

Em resposta ao que foi falado por Rogério, Fábio Faria também confirmou o acordo. "Eu e o ministro Rogério Marinho estamos juntos e alinhados para garantir o melhor para o futuro do RN e do Brasil. Até o final deste mês, vamos decidir, por consenso, quem será o candidato ao Senado", escreveu o ministro das Comunicações.