Header Ads Widget

anigif.gif

Empresários e líderes lembram trajetória de Francisco Souto


O falecimento do empresário Francisco Ferreira Souto Filho foi profundamente lamentado por políticos e figuras do setor industrial potiguar. Francisco faleceu aos 95 anos na noite de quinta-feira (24), em Mossoró, por complicações de um quadro pneumônico.

Francisco Ferreira Souto Filho faleceu aos 95 anos, em Mossoró, por complicações de uma pneumonia. Ele era da indústria do sal

O empresário Flávio Azevedo exaltou sua liderança no empreendedorismo ao comentar sobre o legado de Soutinho. “Ele foi um empresário além do seu tempo. Um empreendedor que é um ícone para o setor produtivo potiguar. Uma referência que fez história com empresas no setor salineiros, mas sua trajetória vai além disto. Também enveredou nas finanças, ao constituir um banco. Atou no ramo de energia eólica. Então, tinha uma capacidade exemplar de empreender. Na atuação como líder empresarial, se caracterizou pela a força e a firmeza do exemplo”, relembra.

O ex-ministro Henrique Eduardo Alves enalteceu a história construída por Francisco, um grande amigo de sua família. “Soutinho foi certamente a presença mais marcante da vida empresarial de Mossoró. Banco de Mossoró, salineiro, e a visão humana sempre em seus negócios e caminhar. Assim, uma vida de lutas com o respeito de todos. Marcou presença em tudo que fazia com humildade e ética. Suas paixões, Edith, única e tão guerreira, nossa senadora mossoroense! E Mossoró, seu mundo! Herdei do meu pai esses amigos de uma vida inteira. Sua casa virou 'nossa casa' nos anos difíceis das lutas de resistência que enfrentei, com tanto amor e esperança. Muita gratidão! Descanse na paz merecida, querido amigo Soutinho!".

Através de nota de pesar, Amaro Sales, presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN) expressou seu mais profundo pesar e consternação pela partida de um dos principais nomes da Federação, fundador e atual diretor. “Soutinho, como era conhecido, foi um exemplo para todos os empresários potiguares. Arrojado como empreendedor, sempre com uma visão à frente do seu tempo, construiu uma trajetória que se confunde com a da indústria salineira no RN".

“O presidente, os vice-presidentes e diretores desta Casa, bem como todo o setor sindical, com ênfase ao salineiro, expressam seus sentimentos e solidariedade à Sra. Edith Souto, esposa de Soutinho, extensivo a todos os familiares. Que Deus os conforte neste momento de dor e pesar", expressa o FIERN em nota.

Os ex-presidentes da Federação das Indústrias expressaram a importância do empreendedor para o setor produtivo potiguar. “Soutinho foi um grande empresário. Merece todo o reconhecimento da indústria do Rio Grande do Norte”, destacou Fernando Bezerra, que também presidiu a CNI. Para Abelírio Rocha, ex-presidente da FIERN, Francisco Souto está entre os principais empresários da história da economia potiguar, ao lado de João Câmara e Nevaldo Rocha.

Airton Torres, atual presidente do Siesal, expressou condolências e enalteceu o legado deixado pelo empresário no Rio Grande do Norte. “Soutinho, nosso querido Francisco Ferreira Souto Filho, pautou sua vida pela dedicação aos negócios e defesa dos interesses da Indústria Potiguar. Graças a sua imensa simplicidade e ética nos negócios, é respeitado e reconhecido empresário que sempre honrou à classe empresarial deste Estado, tornando-se, por isso mesmo, digno aqui e além das nossas fronteiras, das nossas melhores homenagens, sendo um dos mais expressivos exemplos do empreendedorismo potiguar a ser reverenciado. Sua ausência entre nós vai fazer muita falta. Conforta, contudo, saber sua trajetória de vida ilibada", comentou.

A Prefeitura de Mossoró também publicou nota onde lamentaram a morte com profundo pesar. “Registramos nossa homenagem e respeito a Francisco Ferreira Souto Filho, que tanto contribuiu com o município de Mossoró através de seu trabalho na indústria de sal F. Souto e no Banco de Mossoró, e ainda como presidente do Sindicato das Indústrias de Extração de Sal do Estado do Rio Grande do Norte (SIESAL/RN). Sua história de vida e dedicação ao trabalho são legados deixados à população mossoroense e aos potiguares. Neste momento de dor, a Administração Municipal de Mossoró transmite as mais sinceras condolências à família enlutada pela perda irreparável".

Em suas redes sociais, o deputado federal Beto Rosado prontamente expressou condolências. “Quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022. Esta data ficará marcada na história de Mossoró. Hoje perdemos Francisco Ferreira Souto Filho, empresário bem sucedido, cidadão orgulho da cidade, industrial de nome e respeito. Nossa irrestrita solidariedade à família, em especial a Sra Edith Souto. Que o conforto divino paire sobre todos".

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) expressou sentimentos aos familiares e amigos nesse momento de dor. Por meio de nota, lamentaram o falecimento do industrial que “por 62 anos, presidiu, com muita dedicação e competência, o Sindicato da Indústria da Extração do Sal do Rio Grande do Norte, sendo seu fundador. Sua história está vinculada ao sucesso da indústria salineira do Rio Grande do Norte", completam.