Header Ads Widget

728x90cm-CELULAR

Com 87% de ocupação das UTIs Covid, região Oeste terá novos leitos críticos


O Rio Grande do Norte ganhará novos leitos para atendimento a pacientes com a covid-19. A Secretaria de Estado de Saúde Pública em parceria com a secretaria municipal de Mossoró e o Hospital da Polícia Militar assinaram o Termo de Cooperação de assistência à saúde em regime de urgência e emergência destinada ao combate do vírus SARS COVID-19 e/ou Síndromes Respiratórias Agudas Graves. Segundo o Poder Executivo estadual, serão 35 leitos abertos até as próximas semanas. Na manhã desta terça-feira (8), a região Oeste tinha ocupação de 87% dos leitos críticos.Divulgação

Leitos covid serão abertos na região oeste do RN
Na manhã desta terça-feira (8), segundo o Governo, serão abertos 10 leitos Covid no Hospital da Polícia Militar, em Mossoró. "A abertura dos leitos acompanha o monitoramento que estamos fazendo semanalmente a partir dos dados do Regula RN . Percebemos com o estudo, que a Região Oeste necessita desse suporte neste momento e que está sendo possível a partir da cooperação entre o Estado, Município de Mossoró e o apoio da Polícia Militar", disse Lyane Ramalho, Secretária Adjunta da Sesap.

Serão 10 leitos instalados e abertos a partir de hoje, mais 20 até o dia 12 de fevereiro e mais cinco em seguida, até o dia 19 de fevereiro. Para a reunião da abertura dos leitos, participaram 11 (onze) dos 12 municípios que compõem a região. Também apoiaram a agenda no território a II URSAP, Gabinete Civil do Governo, Direção do Hospital Regional, associações e representações sociais.

Atualmente, a região Oeste conta com 46 leitos de UTI Covid em funcionamento. No fim da segunda-feira (7), de acordo com dados do portal Regula RN, todos estavam ocupados. Na manhã desta terça-feira, porém, a ocupação estava em 87%.

Acompanhamento

Na manhã desta terça-feira, o Rio Grande do Norte tinha média de ocupação de 72,5% dos leitos críticos voltados a atendimentos à população com covid. Às 10h, a fila tinha 25 pacientes com perfil de leito crítico aguardando pela regulação, mas havia somente 22 vagas disponíveis.