Header Ads Widget

728x90cm-CELULAR

Água não chega a tempo para evento de Bolsonaro sobre a transposição do Rio São Francisco no RN


Segundo Secretaria de Recursos Hídricos do RN e comitê-gestor do Rio Piranhas-Açu, previsão é que volume de água chegue até esta quinta-feira (10).

A solenidade do governo federal para marcar a chegada das águas da transposição do Rio São Francisco ao Rio Grande do Norte, com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL), na tarde desta quarta-feira (9), não contou com a água da transposição.

Segundo o secretário de recursos hídricos do Rio Grande do Norte, João Maria Cavalcanti, o comitê de bacias que monitora o Rio Piranhas-Açu, por onde a água deve entrar ao estado, alertou que o volume de água liberado há cerca de dois dias na Barragem de São Gonçalo, na Paraíba, não chegaria a tempo.

Até a manhã desta quarta-feira (9), segundo ele, o volume não havia chegado a São Bento (Paraíba) que fica a 20 quilômetros do ponto de entrada do rio no Rio Grande do Norte.

Segundo Procópio Lucena, que faz parte do Comitê Gestor da Bacia Hidrológica do Piancó-Rio Piranhas-Açu, a previsão é que a água só chegue efetivamente ao Rio Grande do Norte nesta quinta-feira (10).

De acordo com ele, a água presente no rio atualmente é resultado das últimas chuvas e ainda não houve aumento do volume após a abertura da barragem de São Gonçalo, por onde a água da transposição foi liberada para entrar pela primeira vez ao Rio Grande do Norte.

“As comportas de São Gonçalo com as águas do PISF (Projeto de Integração do Rio São Francisco) foram abertas com uma vazão de 23m3/s, porém o cálculo de tempo foi errado”, disse. "Esse volume só deve chegar de hoje à noite para amanhã", acrescentou.

“Não haverá tempo de o presidente inaugurar as águas passando por Jardim de Piranhas”, afirmou.

A transmissão da TV governamental anunciava que a cerimônia era para a chegada das águas. A solenidade acabou por volta das 13h10.

Durante discurso no evento, Bolsonaro se comprometeu a completar as obras da transposição até o final de 2022.

"Aqui estamos mostrando para vocês que temos respeito, que temos responsabilidade e vamos cumprir a nossa missão. Vamos fazer com que, brevemente, ainda no corrente ano, tenhamos concluída totalmente a transposição do São Francisco para o bem de vocês e para tranquilidade do país. Tudo faremos para que a água, esse bem indispensável, chegue ao lar de cada um de vocês", afirmou Bolsonaro.

O presidente chegou ao estado na tarde de terça-feira (8) e também visitou as obras da barragem de Oiticica pela manhã, em Jucurutu - o reservatório deve ser o primeiro a receber as águas da transposição no estado. Depois do evento, Bolsonaro seguiu para a solenidade em Jardim de Piranhas, que começou pouco antes das 12h e foi encerrada por volta de 13h10. O presidente foi embora do RN por volta das 15h30.