Header Ads Widget

anigif.gif

Porca pintora conhecida como Pigcasso vende quadro por R$ 150 mil


Mais um record na arte quebrado. Dessa vez, a pintora responsável pela venda de um quadro por 20 mil euros, aproximadamente R$ 150 mil, é uma porquinha. A obra, “Wild and Free” (“Livre e selvagem”, em português), foi comprada por um alemão 72h depois de ser colocada a venda e superou o record de venda mais cara de uma obra de arte criada por um animal. Aantes o posto era do chimpanzé Congo, que vendeu um quadro por cerca de R$ 90 mil, em 2005. As informações são do jornal Daily Mail.

Pigcasso vive na África do Sul, tem pouco mais de 40 mil seguidores no Instagram e se engana quem pensa que a porquinha é nova no ramo. Em março, o animal teve um quadro arrematado em leilão por R$ 17,9 mil. O comprador espanhol levou para casa uma pintura abstrata do príncipe Harry, segundo a interpretação de Joanne Lefson, dona da porca desde 2016. Ela salvou Pigcasso de um abatedouro um mês após seu nascimento, na Cidade do Cabo.

Além do príncipe, Pigcasso retratou também a rainha Elisabeth, conforme garante Joanne, e vendeu a obra por R$ 15,2 mil para um comprador de Londres (Inglaterra).

A dona da porquinha diz que todos os valores arrecadados com as telas de Pigcasso são revertidos para um fundo que mantém o santuário para animais que ela administra na África do Sul.

Joanne percebeu que o animal tinha um talento para pintar depois que alguns pincéis velhos foram deixados em sua baia por acidente. Ela decidiu incentivar o interesse e agora, aos cinco anos, Pigcasso já produziu mais de 400 obras de arte originais.