Header Ads Widget

anigif.gif

Sedraf inicia distribuição de 54 toneladas de sementes crioulas para agricultores do RN


O Programa Estadual de Sementes Crioulas vai beneficiar nesta safra 3.375 famílias em todas as regiões do estado.

A Secretaria Esatdual do Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf-RN), iniciou nesta terça-feira (14), a distribuição de 54 toneladas de sementes crioulas para agricultores de todas as regiões do estado.

O Programa Estadual de Sementes Crioulas vai distribuir nesta safra, grãos de milho, feijão, sorgo forrageiro, arroz vermelho, fava, além de sementes gergelim branco e gergelim preto.

As sementes crioulas, também chamadas de sementes de tradição, são originalmente cultivadas sem agrotóxicos, livres de transgenias. Elas são preservadas a cada safra por um guardião ou guardiã da família e representam respeito às comunidades tradicionais, possibilitando a manutenção de hábitos alimentares saudáveis e a baixo custo.

Neste ano, o programa vai distribuir as sementes para 3.375 famílias cadastradas. A entrega teve início nesta terça-feira (14).

Os agricultores vão receber sementes como forma de incentivo a permanecerem com suas culturas agrícolas e repetirem hábitos ancestrais. O programa deve atender prioritariamente, comunidades tradicionais (quilombolas e indígenas), além de assentados da reforma agrária.

De acordo com o Governo do Estado, o investimento no programa foi de R$ 900 mil, com recursos do tesouro estadual.

Territórios contemplados

Os territórios e municípios contemplados são Alto Oeste (Doutor Severiano, Encanto, José da Penha, Pau dos Ferros, Portalegre, São Miguel Potiguar); Sertão do Apodi (Apodi, Caraúbas, Felipe Guerra, Janduís, Patu, Rafael Godeiro, Severiano Melo, Upanema); Vale do Açu/Mossoró (Assú, Ipanguaçu, Mossoró, Pendências e Porto do Mangue); Sertão Central (Angicos, Fernando Pedroza, Pedro Avelino); e Mato Grande (Taipu, Bento Fernandes, João Câmara, Santa Cruz, Lajes Pintadas, São Bento do Norte, Pureza, Touros, São Miguel do Gostoso Cabugi).