Header Ads Widget

728x90px

Prefeito de Canguaretama tem direitos políticos suspensos e será afastado


O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) decidiu suspender os direitos políticos de Wellinson Ribeiro (PP), prefeito de Canguaretama. Antes, foi decidido por manter negado o registro de candidatura dele. Ele deve ser afastado do cargo nesta sexta-feira 3.

Wellinson possui condenação penal transitada em julgado e, portanto, não reúne direitos políticos para permanecer à frente da gestão do município. O presidente da Câmara Municipal de Canguaretama, João Wilson de Andrade Ribeiro Filho, irmão do prefeito, convocou os vereadores para sessão de transmissão de posse. Segundo documento enviado à Casa legislativa, a convocação decorre do julgamento definitivo das ações eleitorais que determinam a cassação dos registros de candidatura do prefeito e vice-prefeito do Município de Canguaretama, cujos acórdãos foram publicados no Diário Oficial Eletrônico – DJE em 02/12/2021.

Em setembro passado, o TRE-RN cassou os diplomas eleitorais do prefeito e da vice-prefeita Fátima Moreira. Com isso, a Corte Eleitoral também determinou a realização de novas eleições para os cargos no município que fica no Agreste Potiguar.

A justiça já apontou a inelegibilidade de Wellinson Ribeiro nas eleições de 2020. Foi apresentada a existência de uma condenação criminal do Tribunal Regional Federal da 5ª Região em face dele pela prática de crimes contra a fé pública e crime de responsabilidade o tornaria inelegível. Nas eleições de 2020, Wellinson teve 48,82% dos votos válidos – foram 9.046 votos no total.