Header Ads Widget

anigif.gif

Datafolha: Lula vence no 1º turno com larga vantagem sobre Bolsonaro, Moro e Ciro


Levantamentos do IPEC e da CNT/MDA também apontaram chance de vitória do ex-presidente sem necessidade de 2º turno

Uma pesquisa feita pelo Datafolha, divulgada nesta quinta-feira (16), mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) poderia ganhar no primeiro turno se as eleições presidenciais de 2022 fossem hoje.

O resultado do levantamento coincide com números de pesquisa divulgada pelo Ipec na última terça-feira (14) e pela CNT/MDA também nesta quinta. Os três estudos apontam possibilidade de vitória de Lula no 1º turno.

::: Lula lidera e pode ganhar no 1º turno, confirma pesquisa CNT/MDA :::

No primeiro cenário testado pelo Datafolha, Lula marca 48%, contra 22% do presidente Jair Bolsonaro (PL), 9% de Sergio Moro (Podemos), 7% de Ciro Gomes (PDT) e 4% de João Doria. A soma das intenções de voto em todos os adversários de Lula chega a 42%.

No segundo cenário, Lula tem 47%, ante 21% de Bolsonaro, 9% de Moro, 7% de Ciro, 3% de Doria, 1% de Simone Tebet (MDB) e 1% de Rodrigo Pacheco (PSD). Alessandro Vieira (Cidadania-SE), Aldo Rebelo (sem partido) e Felipe d’Ávila (Novo) não atingiram 1%. Nesse caso, o petista também levaria no 1º turno.

A pesquisa do Datafolha foi realizada de 13 a 16 de dezembro com 3.666 pessoas com mais de 16 anos, presencialmente, em 191 cidades do país. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, não é possível fazer uma comparação direta com o levantamento anterior, feito nos dias 13 a 15 de setembro, dados os cenários diferentes. Na ocasião, sem Moro no páreo, Lula marcava 44%. Para efeitos estatísticos, contudo, não é possível aferir o crescimento do ex-presidente.

Leia todos os resultados nos dois cenários pesquisados:

Cenário 1

- Lula (PT): 48%
- Jair Bolsonaro (PL): 22%
- Sergio Moro (Podemos): 9%
- Ciro Gomes (PDT): 7%
- João Doria (PSDB): 4%
- Em branco/nulo/nenhum: 8%
- Não sabe: 2%

Cenário B

- Lula (PT): 47%
- Jair Bolsonaro (PL): 21%
- Sergio Moro (Podemos): 9%
- Ciro Gomes (PDT): 7%
- João Doria (PSDB): 3%
- Simone Tebet (MDB): 1%
- Rodrigo Pacheco (DEM): 1%
- Alessandro Vieira (Cidadania): 0%
- Felipe D'Ávila (Novo): 0%
- Aldo Rebelo (sem partido): 0%
- Em branco/nulo/nenhum: 8%
- Não sabe: 2%