PUBLICIDADE

728x90px

Orçamento secreto: o telefonema de Rodrigo Maia para Rogério Marinho


Suspensas na semana passada pelo Supremo, as emendas secretas ao Orçamento foram motivo de uma ligação de agradecimento de ao ministro .

Maia credita às emendas a reponsabilidade pela derrota do seu candidato à presidência da Câmara, Baleia Rossi, na eleição ocorrida no início do ano que deu a Arthur Lira o comando da Casa. Maia, porém, não conseguia mapear os “traidores” porque Lira, que controla a destinação dos recursos, não dava publicidade aos valores que enviou para cada deputado.

Só que Marinho, irritado com os ataques da oposição que criticavam o envio das emendas à deputados da base aliada, decidiu publicizá-las. Postou no Twitter um documento da deputada Alice Portugal indicando R$ 2,8 milhões dos recursos na Codevasf.

E atacou: “Tem deputado que esquece da realidade para atacar o governo. Caso a deputada@Alice_Portugal não se lembre, aqui está o ofício indicando R$ 2,8 milhões na CODEVASF, parte das emendas do relator-geral do Orçamento (RP9). A Sra. por acaso aderiu à base do governo?”

Maia, que contava com o apoio do PCdoB, logo identificou a traição da ex-aliada. Fez questão de ligar para agradecer a Marinho. Após a saia-justa, Alice Portugal apagou as críticas às emendas.