PUBLICIDADE

728x90px

GUAMARÉ, A MILIONÁRIA CIDADE COM PORTAL FORA DO AR


A cidade de Guamaré é mais conhecida por seus escândalos de corrupção do que por suas potencialidades. No passado recente, gestores públicos e seus familiares foram presos justamente por envolvimento em desvio de recursos públicos, superfaturamento e fraude em licitações.

A cidade, de pouco mais de 14 mil habitantes, tem o PIB Per Capita maior que o do Estado de São Paulo, maior que o do Brasil e da China. Com receita de município grande, Guamaré não sai dos holofotes negativos por seus gastos sem explicação convincente.

De janeiro até o mês de agosto, a Prefeitura de Guamaré recebeu a quantia de quase 160 milhões de reais, o que dá uma média de 20 milhões de reais por mês, ou 666 mil reais por dia.

Reprodução

DETALHAMENTO

Com um histórico de corrupção, Guamaré faz jus ao passado e não detalha a prestação de contas dos recursos recebidos.

No Portal da Transparência, aparece apenas o nome dos fornecedores e seus respectivos pagamentos, conforme imagem abaixo:

Reprodução

FORA DO AR

Quando o cidadão tenta entrar para ver o detalhamento dos gastos individualizados por fornecedor, o Portal da Transparência da Prefeitura de Guamaré apresenta a seguinte imagem:

Reprodução

PORTAL COVID

Situação ainda mais grave é com relação ao Portal da Transparência Covid, que deveria apresentar os recursos recebidos e seus respectivos pagamentos efetuados.

Como se trata também de recursos federais, a Polícia Federal deverá investigar o que motivou o portal ficar fora do ar.

Porém, o erro se repete, sem que o cidadão tenha possibilidade de fiscalizar os gastos da Prefeitura de Guamaré em relação à Pandemia.


Reprodução

ENQUANTO ISSO…

Enquanto o Portal da Transparência de Guamaré está fora do ar, o prefeito interino da cidade, Eudes Miranda, comemorou neste final de semana, seu aniversário em praça pública sem a menor preocupação, abraçado com seu irmão, ex-prefeito Hélio Miranda, rodeado de mulheres e crianças, todos sem máscara.

Reprodução