PUBLICIDADE

728x90px

Variante delta já representa 90% dos casos do mundo, aponta OPAS


Organização alerta países para um eventual aumento de casos e internações

Um novo relatório epidemiológico divulgado pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) indica que a variante delta do novo coronavírus, detectada originalmente na Índia, já representa 90% das amostras sequenciadas no mundo. Mais contagiosa, a cepa já se encontra presente em 135 países.

Com isso, a entidade recomenda que os países revisem seus planos e se preparem para um eventual aumento de casos e de internações, incluindo em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Para conter as infecções, medidas preventivas como distanciamento físico, uso de máscaras e higienização das mãos devem ser mantidas.

A organização orienta ainda que os países intensifiquem a vigilância genômica e assegurem a publicação do sequenciamento genético na plataforma internacional de dados Gisaid. Deste modo, será possível um monitoramento quase em tempo real da cepa, permitindo identificar mudanças nos padrões epidemiológicos do vírus, alteração da virulência ou, ainda, a diminuição da eficácia preventiva das vacinas.

"Em nível global, observam-se vários países com aumento de casos e de hospitalizações, com a emergência da variante delta, incluindo os com alta cobertura vacinal."

Segundo a Opas, a redução na efetividade dos imunizantes em relação a variante delta pode ocorrer principalmente em pessoas que receberam apenas a primeira dose da vacina. Por isso, a entidade reforça a importância de completar o ciclo vacinal.