PUBLICIDADE

728x90px

PF prende em Natal acusado de usar dinheiro falso para comprar produtos anunciados na internet


Comprador fazia pedido e se encontrava com vendedores durante a noite, dificultando o imediato reconhecimento das cédulas falsas por parte das vítimas.

Um homem de 56 anos acusado de utilizar dinheiro falso para fazer compras em plataformas digitais foi preso na manhã desta terça-feira (31) em Natal.

A Polícia Federal cumpriu um mandado de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão na Operação Aleaquim.

A investigação foi feita entre os dias 12 de julho e 7 de agosto desse ano, quando o suspeito realizou pelo menos três transações comerciais totalizando R$ 3.200 reais. O valor foi pago com cédulas falsificadas, apreendidas pela PF após serem apresentadas pelas vítimas.

De acordo com os investigadores, o modo como o homem agia era sempre o mesmo: escolhia vítimas em uma plataforma de comércio digital demonstrando interesse na aquisição de aparelhos celulares. Depois, ele marcava os encontros no interior de igrejas, o que passava “credibilidade e segurança” para as pessoas que foram enganadas. Além disso, as transações eram sempre feitas durante a noite e com rapidez, o que acabava dificultando o imediato reconhecimento das cédulas falsas por parte das vítimas.

No local da busca, onde foi preso, o acusado teve apreendido um celular utilizado nas negociações, um simulacro de arma de fogo do tipo pistola, além de outros materiais de interesse da investigação.

O acusado vai responder pelo crime de colocar dinheiro falso para circular, que prevê punição com pena de reclusão de três a doze anos, além de multa.

O nome da Operação, Aleaquim, é alusivo ao nome do usuário utilizado pelo suspeito nas transações da plataforma de comércio digital e anúncios online.