PUBLICIDADE

728x90px

Bandeira vermelha da conta da luz pressiona inflação em julho


Índice Nacional de Preços ao Consumidor ficou em 0,96% no mês passado, maior alta em 19 anos

A inflação em julho acelerou e ficou em 0,96% em relação a junho, segundo dados divulgados nesta 3ª feira (10.ago) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

É a maior alta para o mês desde 2002.

A bandeira vermelha na tarifa da conta de luz e mais uma alta no preço dos combustíveis pesaram no bolso do brasileiro. Em 12 meses, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) - inflação oficial do país - acumula alta de 8,99%.

A Alimentação também pressionou a taxa inflacionária. Tomate (18,65%), Frango em pedaços (4,28%), leite longa vida (3,71%) e carnes (0,77%) foram os produtos que mais subiram em julho. Já a cebola (-13,51%), a batata (-12,03%) e o arroz (-2,35%) foram os que tiveram as maiores quedas.

A alimentação fora do domicílio desacelerou em relação a junho, principalmente por conta do lanche (0,16%) e da refeição (0,04%).