PUBLICIDADE

728x90px

Sesap incentiva ações de prevenção às hepatites; municípios realizam testagem


Vacinas contra hepatites e testes rápidos são disponibilizados pelos SUS nas UBS’s

Em alusão a campanha Julho Amarelo, mês de luta contra as hepatites, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) incentiva e apoia os municípios potiguares na mobilização de ações de combate e prevenção às hepatites virais, bem como orienta a população para realização de teste rápidos para detecção das doenças.

Ao longo do mês de julho, por meio de uma ação conjunta e parceira com os municípios, estão sendo realizadas testagens da população para hepatite C, incentivo à vacinação contra as hepatites, entrega de preservativos e a conscientização para a população em geral.

O município de Luís Gomes realizou na última segunda-feira (19) uma ação nas Unidade Básicas de Saúde (UBS’s) voltada à conscientização e vacinação das hepatites. Na UBS Joaquim Martins Lopes e Lagoa do Mato foram realizados testes para detecção de hepatite. Goianinha também é outro município que está mobilizando sua população, através da conscientização, testagem rápida e distribuição de kits com álcool em gel e preservativos. Assim como Lagoa de Pedras que está realizando a testagem da população.

A Sesap está articulando ações com as regionais de saúde e outros municípios para o incentivo e continuidade da campanha de combate às hepatites virais durante todo mês de julho, já que grande parte das ações de saúde estão voltadas ao enfretamento da pandemia.

É importante alertar a população sobre as hepatites virais para a prevenção e diagnóstico precoce porque, na maioria dos casos, as pessoas não apresentam sintomas ou não sabem se são portadoras dos vírus.

As vacinas contra hepatites A e B são disponibilizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), bem como os testes rápidos para detecção das doenças, que podem ser realizados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) dos municípios e nos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA’s).

Hepatites virais

As hepatites virais são doenças causadas por diferentes vírus que provocam alterações no fígado. No Brasil, as mais comuns são causadas pelo vírus A, B e C. Na maioria das vezes, as pessoas não apresentam sintomas ou desconhecem ter a infecção, tornando-se portadoras do vírus B ou C, aumentando os riscos da infecção evoluir e virar crônica, causando danos graves ao fígado, como cirrose e câncer.

Casos no RN

No Rio Grande do Norte, há 144 pessoas realizado tratamento para hepatite B e 32 para hepatite C. Em 2020, foram confirmados 155 casos de hepatites virais no RN, sendo 01 caso de hepatite A, 43 casos de hepatite B, e 111 casos de hepatite C, apresentando uma redução de 33,5% nos casos confirmados em relação ao ano anterior.