PUBLICIDADE

728x90px

Renato Gaúcho tem histórico avassalador contra argentinos na Libertadores


Relembre o retrospecto do comandante contra os Hermanos na competição sul-americana

Renato Gaúcho assumiu o comando técnico do Flamengo contra um time argentino, pela Libertadores. Apesar do pouco tempo de contato com o elenco rubro-negro, o treinador pôde usar o retrospecto vitorioso na competição diante dos hermanos a seu favor. E deu certo: o Mengão venceu o Defesa y Justicia por 1 a 0, em Buenos Aires, e retornou ao Rio de Janeiro com a vantagem do gol fora de casa.

Com o resultado, Renato Gaúcho chegou a 12 vitórias, dois empates e três derrotas contra argentinos na Libertadores. Nesta quarta-feira (21), o treinador voltará a encará-los e o SBT Sports relembra o histórico do comandante contra o rival sul-americano.

O desafio de Renato contra os hermanos começou em 2008. Naquela época, sob seu comando, o Fluminense foi a campo quatro vezes contra argentinos: dois jogos diante do Arsenal de Sarandí (uma vitória e uma derrota) na fase de grupos e outros dois contra o Boca Juniors nas semifinais (empate e vitória). O Tricolor avançou à final, mas foi derrotado na decisão diante da LDU.

Depois desses quatro duelos, Renato só voltou a enfrentar os argentinos na competição em 2017. No comando do Grêmio, o treinador venceu o Godoy Cruz na ida e na volta das oitavas de final e o Lanús na decisão. Sobrando, o time gaúcho venceu em Porto Alegre e na Argentina e conquistou o título.

No ano seguinte, o treinador encarou os argentinos seis vezes. O Grêmio passou pelo Estudiantes nas oitavas com uma derrota e uma vitória, despachou o Atlético Tucumán nas quartas com dois triunfos, e parou no River Plate na semifinal. O Grêmio venceu o primeiro duelo por 1 a 0, em Buenos Aires, mas perdeu o segundo por 2 a 1, em Porto Alegre, e foi eliminado.

Em 2019, o Tricolor voltou a chegar às semis, mas encarou apenas um time argentino ao longo da competição. O Grêmio foi a campo diante do Rosário Central duas vezes na fase de grupos, com um empate e uma vitória.

Em 2020, o duelo não aconteceu, mas Renato voltou encarar os hermanos neste ano. O primeiro passo foi dado. Se avançar na competição, o técnico poderá enfrentar o Vélez Sarsfield na semifinal.