PUBLICIDADE

728x90px

Ovos, carne de frango e porco vão subir de preço, dizem produtores


Alta vem do aumento nos preços do farelo de soja e milho, usados na alimentação de aves e suínos

A Associação Brasileira de Proteína Animal que reúne produtores de aves e suínos faz projeções nada animadoras para o bolso dos brasileiros: ovos, carne de frango e porco podem ficar até 50% mais caros, ainda este ano.

A projeção nos preços é por causa do aumento dos preços do farelo de soja e milho utilizados na alimentação das aves e suínos.

O reajuste pesa na produção. O ICP - Índice de Custo de Produção - de junho já aumentou 52,3% para frangos e 47,53% para suínos.

Além disso, os produtores exportaram mais no mês passado. Levantamentos da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) mostram que as exportações brasileiras de carne de frango (considerando todos os produtos, entre in natura e processados) totalizaram 397,4 mil toneladas em junho, volume que supera em 16,2% os embarques efetuados no sexto mês de 2020, quando foram embarcadas 341,9 mil toneladas.

Publicidade