PUBLICIDADE

728x90px

Ítalo Ferreira chega ao Brasil como primeiro campeão olímpico do surfe


Potiguar diz que deseja surfar ao chegar em casa

Ítalo Ferreira estava tão ansioso para retornar ao Brasil como primeiro campeão olímpico do surfe, e encontrar os amigos e a família, que não dormiu durante o voo de 13 horas que partiu do Japão. E agora, que voltou para casa, já sabe uma das primeiras coisas que deseja fazer, surfar.

O surfista de 27 anos desembarcou nesta quinta-feira em Guarulhos (SP) em escala de voo para o Rio Grande do Norte, onde mora com a família na cidade de Baía Formosa, dois dias após conquistar a medalha de ouro na estreia do surfe na Olimpíada de Tóquio (Japão).

“Essa é a melhor parte, agora é festejar com meus amigos, minha família, e já tenho que começar a treinar de novo, porque já tem disputa do Mundial em breve”, disse o surfista a repórteres no aeroporto.

Campeão mundial da modalidade em 2019, Ítalo atualmente é vice-líder do ranking mundial, atrás de Gabriel Medina, que terminou em quarto lugar nos Jogos Olímpicos. A próxima etapa do Circuito Mundial de Surfe será no México, com a janela de competições começando no dia 10 de agosto.

“Amanhã estarei na água, quando chegar em casa vou surfar com meus amigos e começar a treinar novamente”, afirmou.