PUBLICIDADE

728x90px

Governadora Fátima Bezerra mantêm promessa e vai desapropriar as casas da Vila Industrial Alcanorte


Apesar de que quase todos os bens da massa falida da Alcanorte tenham sido leiloados e arrematados pela empresa pernambucana Fertway (Rações e Fertilizantes), incluindo a Vila Industrial que conta com mais de 200 residências, o governo do estado mantêm o mesmo ritmo nas providências legais para a governadora Fátima Bezerra cumprir a sua promessa junto aos moradores da Vila da Alcanorte, em Macau, que é a de fazer a desapropriação das casas.

Recentemente, o Blog Tulio Lemos publicou duas matérias sobre o arremate em leilão dos bens da massa falida da Alcanorte, frisado que os novos donos do patrimônio teriam duas dificuldades em resolver, que seriam os problemas da Vila Industrial, uma vez que os moradores que lá se encontram há mais de 20 anos iriam questionar qualquer que fosse a negociação e da adutora. – Ao questionar o destino da adutora (que leva água de Pendências para Macau e Guamaré), pois a mesma não entrou no recente leilão, mas deverá entrar em breve se a Caern não se apressar em negociar com a empresa que administra a massa falida da Álcalis do Rio Grande do Norte.

Na questão da Vila Industrial, a situação caminha para uma decisão amigável e menos traumática para os novos proprietários. A redação do Blog Tulio Lemos, entrou em contato com o procurador de patrimônio do estado, Francisco de Sales Matos e o mesmo confirmou que o processo para a desapropriação das chamadas “casas da Alcanorte” encontra-se em tramitação e que a Procuradoria do Estado está encaminhando para as Secretarias de Planejamento e da Habitação para definir a origem dos recursos financeiros para a operação. Após essa etapa, caberá à Secretaria de Administração, através do seu departamento de avaliação, elaborar a proposta financeira que será apresentada aos novos proprietários da Vila Industrial da Alcanorte, na área de extensão urbana de Macau.

Apesar de ainda não se saber qual o formato que o governo do estado irá adotar para fazer com que os atuais ocupantes das residências se tornem verdadeiros proprietários, há uma certeza que está se confirmando que é a desapropriação dos imóveis e assim a governadora Fátima Bezerra vai poder cumprir com a promessa feita aos ocupantes das casas que hoje pertencem à Fertway.