Header Ads Widget

728x90px

Auxílio emergencial é prorrogado até outubro


Governo Federal assinou medida que estende pagamento de parcelas até outubro; novo programa começaria em novembro

Bolsonaro assinou nesta 2ª feira (5.jul) o decreto que autoriza a prorrogação do auxílio emergencial por mais três meses. O valor das parcelas vai ser o mesmo que já estava sendo pago, com variações entre R$ 150,00 a R$ 375,00.

Além disso, Bolsonaro assinou uma medida provisória que autoriza a liberação de crédito extraordinário de mais R$ 20 bilhões de reais para pagar a extensão da ajuda. Com a prorrogação, o auxílio será pago em agosto, setembro e outubro.

O decreto e a MP foram assinados por Bolsonaro após reunião com o ministro da Cidadania, João Roma, e da Economia, Paulo Guedes.

Bolsa Família

Enquanto a ajuda é estendida, Bolsonaro segue discutindo com auxiliares o modelo do novo programa social que irá substituir o Bolsa Família a partir de novembro.

Em vídeo divulgado nas rede sociais, a cúpula do governo fala sobre a extensão do auxílio e sobre o novo programa social que, segundo o ministro João Roma, será "fotalecido e ampliado". O valor ainda não foi oficializado, mas, nas palavras de Guedes, será "substacial".


Publicidade