PUBLICIDADE

728x90px

Trabalhadores do RN tiram foto com Bolsonaro fazendo suposto “L” de Lula e deputada celebra: “Nem todo herói usa capa”


Deputadas petistas compartilharam uma foto em que trabalhadores aparecem do lado do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) fazendo um suposto “L” de Lula, o presidente do Brasil entre os anos de 2003 e 2010. Uma delas é a  deputada federal Natália Bonavides (PT), que compartilhou a imagem acompanhada da frase “nem todo herói usa capa…” como legenda. A fotografia foi feita durante a visita do ocupante do Palácio do Planalto ao município de Jucurutu, nesta quinta-feira 24.

A parlamentar é critica ferrenha do gestor federal. Além da foto, ela ainda repercutiu o levantamento do Ipec divulgado nesta quinta-feira que revela que o presidente é rejeitado por 50% da população, enquanto 23% aprovam a forma como ele comanda o governo federal. “Pela ‘recepção’ que ele recebeu aqui no RN, essa reprovação tá nas alturas…”, ironizou a deputada.

Colega de partido de Natália, a deputada estadual Isolda Dantas (PT) também compartilhou a imagem e afirmou que o “L” nas mãos dos trabalhadores fazem referência a maior liderança do Partido dos Trabalhadores. “Trabalhadores de Jucurutu fazem L de Lula. Nosso RN é arretado”, postou em suas redes sociais. Lula tem liderado as intenções de votos para presidência da República nas eleições gerais de 2022, de acordo com pesquisas eleitorais.

Agenda presidencial 

O presidente esteve em Jucurutu, no RN, para liberar um repasse de mais R$ 38,2 milhões para a conclusão das obras da Barragem de Oiticica. 

“Essa recepção [em Jucurutu] eu devo a muitos que estão do meu lado no poder executivo, bem como nossos colegas do poder legislativo”, comentou o presidente, em referência aos ministros potiguares Rogério Marinho e Fábio Faria, além dos deputados federais da base governista. 

A barragem, que vai receber as águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, tem, até o momento, 90,81% de execução e deve estar totalmente concluída até dezembro de 2021. As obras são de responsabilidade do estado, com apoio financeiro da União. O investimento total é de R$ 657,2 milhões, sendo R$ 638,2 milhões do Governo Federal. Desde 2019, foram repassados R$ 291,6 milhões para o empreendimento – cerca de 45,7% do valor de repasse. 

Quando concluída, a barragem vai atender 330 mil pessoas de oito cidades potiguares: Jucuturu, Caicó, Timbaúba dos Batistas, São Fernando, Jardins de Piranha, Cruzeta, São José do Seridó e São José do Sabugi. A Barragem de Oiticica também vai contribuir com o controle das cheias na região e permitir uma ampliação de até 10 mil hectares da área irrigada da Bacia Piranhas-Açu, além da geração de energia de 3,52 MW, o suficiente para atender uma cidade de 140 mil habitantes.


Publicidade
728x90px