Header Ads Widget

728x90cm-CELULAR

OMS aprova Coronavac na lista de uso emergencial


Medida autoriza a distribuição do medicamento pelo consórcio internacional COVAX Facility

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou, nesta terça (1.jun), a vacina CoronaVac, desenvolvida pela chinesa Sinovac e fabricada também no Brasil, pelo Instituto Butantan.

A inclusão do medicamento na lista de uso emergencial (EUL) da entidade autoriza a distribuição pelo consórcio internacional COVAX Facility, uma iniciativa da OMS, da Aliança Gavi e da CEPI que trabalha para a aquisição e posterior distribuição de vacinas contra covid-19 para os países mais pobres.

A decisão também auxilia a permissão para que brasileiros vacinados com o medicamento acessem países da União Europeia com maior facilidade, o bloco econômico ainda não abriu fronteiras para turistas do Brasil.

As recomendações do velho continente exigem a aplicação de doses regulamentadas pela OMS, com dispensa de teste caso o viajante respeite a quarentena em um país autorizado pela UE. O bloco também estreita a entrada de pessoas vindas de países onde a crise sanitária está fora de controle ou onde há variantes mais contagiosas.