PUBLICIDADE

728x90px

“Não tenho que responder perguntas de muitos idiotas”, diz Bolsonaro em visita na Barragem de Oiticica, no RN


O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), disse que não precisa dar entrevistas ou responder a perguntas de “muitos idiotas” durante visita ao município potiguar Jucurutu, nesta quinta-feira 24. Bolsonaro se referiu ao apoio popular que recebe, já que muitos apoiadores estão presentes durante o pronunciamento. 

Em um ataque à imprensa, o presidente agradeceu a “recepção calorosa”. “Eu não tenho que dar entrevista, não tenho que responder perguntas de muitos idiotas que o tempo todo só veem defeito na gente. Não estou livre de errar, mas tenho humildade suficiente para reconhecer quando isso acontece”, afirmou. 

O presidente se referiu à possibilidade de superfaturamento da vacina contra a Covid-19 Covaxin, do laboratório indiano Bharat Biotech, já que há a insinuação de que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi informado de possíveis irregularidades na aquisição. 

Barragem de Oiticica 

O presidente está em Jucurutu, no RN, para liberar um repasse de mais R$ 38,2 milhões para a conclusão das obras da Barragem de Oiticica. 

A barragem, que vai receber as águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, tem, até o momento, 90,81% de execução e deve estar totalmente concluída até dezembro de 2021. As obras são de responsabilidade do estado, com apoio financeiro da União. O investimento total é de R$ 657,2 milhões, sendo R$ 638,2 milhões do Governo Federal. Desde 2019, foram repassados R$ 291,6 milhões para o empreendimento – cerca de 45,7% do valor de repasse. 

Quando concluída, a barragem vai atender 330 mil pessoas de oito cidades potiguares: Jucuturu, Caicó, Timbaúba dos Batistas, São Fernando, Jardins de Piranha, Cruzeta, São José do Seridó e São José do Sabugi. A Barragem de Oiticica também vai contribuir com o controle das cheias na região e permitir uma ampliação de até 10 mil hectares da área irrigada da Bacia Piranhas-Açu, além da geração de energia de 3,52 MW, o suficiente para atender uma cidade de 140 mil habitantes.


Publicidade
728x90px