PUBLICIDADE

728x90px

Anvisa recebe pedido de uso emergencial da vacina Covaxin


A empresa Precisa Comercialização de Medicamentos é a representante do imunizante indiano

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu no início desta 3ª feira (29.jun), o pedido de uso emergencial em caráter experimental da vacina Covaxin. A solicitação é da empresa Precisa Comercialização de Medicamentos LTDA. A Agência iniciou a triagem dos documentos presentes no pedido.

As primeiras 24 horas serão utilizadas para fazer uma triagem do processo e verificar se os documentos necessários para avaliação estão disponíveis. Se houver informações importantes faltando, a Anvisa pode solicitar as informações adicionais ao laboratório.

O prazo de análise do pedido pode ser sete ou 30 dias, a depender do caso específico.

A compra da vacina indiana pelo governo brasileiro é investigada na Comissão Parlamentar de Inquérito da Pandemia do Senado. Na 5ª feira (01.jul) o sócio-administrador da empresa Precisa, Francisco Emerson Maximiano foi convocado na CPI para esclarecer os exatos termos das tratativas entre a Precisa Medicamentos e o Ministério da Saúde para aquisição da vacina Covaxin, apurando-se eventual beneficiamento ilícito.

Publicidade
728x90px