PUBLICIDADE

728x90px

WhatsApp Pay e Pix vão brigar por mercado e MEI pode ser beneficiado


O WhatsApp Pay e o Pix vão brigar por mercado e os MEIs (Microempreendedores Individuais) poderão ser beneficiados.

Na prática, o Whatsapp já está sendo utilizado para operações financeiras. Por enquanto, é permitida somente a utilização entre pessoas físicas e usando cartão de crédito.

Entretanto, é possível transferir ou receber dinheiro de parentes ou amigos sem pagar taxas. Pode-se, ainda, solicitar um pagamento e lembrar um contato de efetuar uma transferência.

Inevitavelmente o recurso concorrerá com Pix, o novo meio de pagamentos instantâneos do Banco Central (BC), e deve se popularizar entre MEIs por ser uma operação sem custos e reduzir o uso das maquininhas.

WhatsApp – Pay

Para iniciar as transações comerciais, o WhatsApp mudou o termo de privacidade da rede, no último sábado, para possibilitar funcionalidades relacionadas aos recursos comerciais. Com o compartilhamento dos dados com Facebook e Instagram, será mais simples interagir com empresas e fazer perguntas sobre produtos e finalizar uma compra.

Outro ponto importante é que após o início das operações financeiras pelo WhatsApp, especialistas alertam que os usuários devem ficar ainda mais atentos com as tentativas de fraudes, golpes e clonagem das contas dos usuários. Umas das medidas adotadas pela rede para aumentar a proteção dos usuários é a autenticação em dois fatores no aplicativo.


Isso porque o recurso solicita uma senha (ou PIN) definida pelo usuário quando ele faz login em um novo smartphone. Ainda que o cibercriminoso tenha acesso ao código de autenticação para ativar a conta da vítima em outro dispositivo, o serviço exige a senha personalizada do usuário.
Usuários

O app destaca que o serviço de transferência de valores via WhatsApp ainda não está disponível para todos os usuários da rede no Brasil. A liberação está ocorrendo para um grupo de contas de forma experimental. O WhatsApp não revelou o número de usuários habilitados, o volume de transações já realizadas e os recursos movimentados.