Header Ads Widget

728x90cm-CELULAR

Polícia Civil prende suspeito e apreende fuzis e espingarda que seriam revendidos a criminosos no RN


Apreensão aconteceu dentro da terceira fase da Operação Senhor das Armas, nesta sexta-feira (21). Material estava escondido em sítio na zona rural de Antônio Martins.

A Polícia Civil apreendeu dois fuzis, uma espingarda e prendeu um suspeito de revender armas para criminosos no interior do Rio Grande do Norte, nesta sexta-feira (21).

A prisão aconteceu em Antônio Martins, no Oeste potiguar, dentro da terceira fase da operação Senhor das Armas, realizada pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado.

As armas de grosso calibre foram apreendidas no sítio Carnaubal, na zona rural do município, perto do limite com Alexandria.

Além das armas, centenas de munições de fuzis e carregadores foram encontrados pelos policiais. O material estava guardado em esconderijo, em uma casa. O filho da proprietária do sítio foi preso em flagrante, com o material.

Segundo os investigadores, os fuzis seriam negociados e revendidos a criminosos que praticam ações em agências bancárias, carros-fortes e caixas eletrônicos, além de facções criminosas.

O homem preso tem 36 anos e já tinha passagem pela polícia por homicídio. Desde janeiro, a Polícia Civil já apreendeu nove fuzis, dentro da operação.

"Não são armas usada para praticar assaltos simples que a gente vê no dia a dia. São armas para arrombar banco, estouro de carro-forte. De janeiro para cá a gente conseguiu encarcerar oito elementos. Estão efetivamente presos, como esse de hoje. Dois vieram a óbito em Campina Grande, um deles o maior ladrão de banco do Rio Grande do Norte. E a gente já está com mais de vinte elementos identificados que fazem parte desse grupo criminoso organizado, que vem trazendo armas de grosso calibre", afirmou o delegado Luciano Augusto, da Deicor.