Header Ads Widget

728x90cm-CELULAR

Ministro da Saúde diz que conter cepa indiana será um desafio para o país


Na Câmara, Queiroga afirmou que nem o Reino Unido não conseguiu evitar disseminação da variante

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta 4ª feira (26.mai) que evitar a transmissão comunitária da cepa indiana será um desafio para o país. Em audiência pública da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados, Queiroga afirmou que a pasta tem adotado medidas pontuais para conter a disseminação da variante, porém disse que nem o Reino Unido conseguiu impedir o seu alastramento

"O Ministério da Saúde está se preocupando com essa cepa P.1.617? Está aí provado! É uma ação tempestiva. Agora, se essa ação é suficiente para conter uma transmissão comunitária... Eu gostaria de dizer a vossas excelências que seria uma ação eficiente. Mas, olha, o Reino Unido, que tem um sistema de saúde mais amadurecido que o nosso, não conseguiu conter", explicou.

Queiroga afirmou que tem conversado com gestores municipais para a elaboração de estratégias para conter a disseminação da variante. Também mencionou o envio de 300 mil doses extras de vacinas a São Luís (MA), onde há 6 casos confirmados da variante. Além disso, citou a restrição da entrada de viajantes da Índia, Reino Unido e África do Sul.

Diagnóstico

O titular da pasta disse que o Ministério da Saúde pretende ampliar a testagem da população, para que ela alcance 10 e 20 milhões de pessoas todos os meses.