PUBLICIDADE

728x90px

Setores da prefeitura de Macau se reúnem com comerciantes para normatizar despejo de resíduos

Por orientação do prefeito Túlio Lemos, setores da Prefeitura de Macau buscaram entendimentos com comerciantes situados na região do Mercado Modelo com o objetivo de encontrar solução para o despejo e recolhimento de resíduos naquela área.

Enquanto a população reclama exclusivamente da prefeitura pelo ajuntamento de resíduos nas imediações da Feira Livre, o prefeito faz um alerta e pede o envolvimento de todos para a limpeza da área e diz que “antes de se culpar exclusivamente a prefeitura, é necessário que se saiba que tem alguém sujando indevidamente aquele local e é preciso que haja compreensão dessas pessoas que podem perfeitamente associar o despejo de resíduos ao momento em que a coleta é feita”.
                          
A referência feita por Túlio diz respeito a que a área nas imediações da Feira Livre fica suja porque os comerciantes das imediações, principalmente galeterias e supermercado jogam os resíduos a qualquer hora, sem respeitar os horários de coletas definidos pela empresa responsável pela limpeza pública. Para tanto, hoje, setores das secretarias de infraestrutura, da saúde e de governo (Secretário João Neto, médico veterinário Tiago Galvão, Cledemilson Félix, da Guarda Ambiental e Benicio Roberto, da Guarda Municipal), mantiveram contatos com proprietários de galeterias e supermercados nas imediações do Mercado Modelo, norteando para se evitar o descarte de resíduos inadequados em horários impróprios, para a manutenção do local sempre limpo, evitando a presença constante de animais. Ficou definido um horário estabelecido em comum acordo para que os comerciantes aguardem a chegada do carro coletor e evitem sujar a via pública.