PUBLICIDADE

728x90px

Vereador do PT deixa o partido, joga ideologia no lixo para se filiar ao PSDB do Bolsonarista Rogério Marinho

Portal MACAUENSE - Aproveitando- se dá “janela partidária” que concede ao detentor de mandato a mudar de partido sem sofrer penalidade, vários vereadores em Macau trocaram de siglas, mas de todas as mudanças a mais estranha e cheia de incoerências foi a saída do vereador Cláudio Gia, eleito pelo Partido dos Trabalhadores - PT, que jogou na lata do lixo a sua coerência partidária e ideológica para se filiar ao PSDB, que no Rio Grande do Norte é liderado pelo bolsonarista ministro Rogério Marinho.

Na Câmara Municipal de Macau, aonde os seus pronunciamentos são antecedidos ou encerrados com o jargão “Lula Livre”, o vereador Cláudio Gia em várias ocasiões acusou o PSDB de golpista (por conta da cassação da presidente Dilma), como também chegou a acusar o vice-prefeito Rodrigo Aladim, presidente local da sigla, de responsável pelo cartel praticado pelos postos de combustíveis.

Os petistas macauenses continuam atônitos com a informação da saída de Gia do PT para o PSDB e vão aguardar o comportamento do esquerdista dentro de um partido de centro-direita.