PUBLICIDADE

728x90px

Oposição tenta escandalizar a gestão e mente sobre contratação de carro irregular

Portal MACAUENSE- Um erro cometido pelo setor de expedição de notas do Posto Frei Damião fez com que pseudos escribas da oposição festejassem “um ato ilegal” da gestão municipal, mesmo que para isso tivessem que criar um fato de que “o prefeito Túlio Lemos alugou carro irregular para a Prefeitura”.
                     
O fato é que o Posto Frei Damião expediu Nota Fiscal dando conta que o carro de placas KLS 5540-PE, (de fato deveria ser o Gol, de placas QGQ 8764-RN) juntamente com mais 03 Motos (essas realmente locadas à Prefeitura e que servem ao DEMUT) haviam abastecido na conta da Prefeitura no período de 16/02 a 15/03/2020. Foi o suficiente para a oposição investigar  o procedimento e alardear a contratação de carro irregular, como “escândalo”.
                                       
A investigação de documento a documento nas contas diárias da prefeitura fez com que o blogueiro Leandro de Souza (o mesmo que o MP denunciou-o por fraudar o seguro do DPVAT e a justiça pediu o seu afastamento da Polícia Militar) encontrasse na Nota de Empenho 1 carro e 3 motos consumindo 1.500 litros de gasolina no período de 16/02 a 15/03/20, para encontrar um “escândalo na gestão”. Logo a seguir, o blogueiro - como policial afastado pela justiça - investigou que a placa KLS 5540-PE tratava-se de um Siena, de cor preta, com irregularidades no DETRAN.
                       
Com a responsabilidade de gestor que zela pelo seu nome e pelo patrimônio público, imediatamente o prefeito Túlio Lemos mandou rever todo o processo e verificou-se que o equívoco do Posto Frei Damião, em inserir uma outra placa de carro na NF (comprovado pela declaração) é que dera margem para a oposição “criar mais um escândalo”. O chefe dos transportes da PMM, Rogério Fábio disse que “o fato está esclarecido e agora faço um desafio a qualquer um para comprovar que a Prefeitura tem contrato com esse Siena preto, com pendências no Detran”