PUBLICIDADE

728x90px

Com oposição sem credibilidade nenhuma na Câmara, vereador Carlinhos do Valadão deixa grupo que elegeu atual presidente Dyana Lira

Portal MACAUENSE- A sessão do dia 02 de abril, o vereador Carlinhos Valadão subiu à tribuna da casa legislativa de Macau e, em um tom sério, fez duras críticas à atual gestão da Câmara, afirmando que estão sendo alvo de acusações gravíssimas tais como de possuir, em seu corpo de contratados, funcionários fantasmas.

Em seu discurso, o vereador defendeu a reimplantação do ponto eletrônico como forma de monitorar o comprimento do expediente e ainda autorizou a presidente, descontar no pagamento dos 2 funcionários do seu gabinete caso faltem e não apresentem justificativas plausíveis e legais. 

O Edil ainda falou do relatório mensal de ponto que entregou na presidência: “Só tenho 2 funcionários no meu gabinete e estão diariamente aqui, trabalhado.” Finalizou afirmando: “O fogo que queima é o amigo, são verdadeiros lobos e pele de cordeiro.” Ilustrando que foi obrigado a desligar-se do grupo que elegeu Dyana presidente.