PUBLICIDADE

MP Promove audiência pública para ouvir sugestões sobre as necessidades da população para o próximo ano

Portal MACAUENSE - Audiência pública para ouvir os anseios da população para 2020 foi registrada hoje, a partir das 09h00, no Porto de Ama, sob os auspícios do Ministerio Público, com duração  de mais de três horas, sendo a Mesa Diretora integrada pelo Promotor Público MacLenon dos Santos Leite, do juiz de direito da Comarca Italo Lopes Gondim, da presidente da Câmara de Macau, vereadora Dyana Lira, do jornalista Bosco Afonso representando o prefeito Tulio Lemos e da professora Mauricelia Guimarães, vice-diretora do CEIMH.

Desde o seu início, o evento patrocinado pelo MP contou com um bom público que teve uma participação intensa, com cada pronunciamento de três minutos, cabendo ao servidor da Câmara Municipal, Helder Araujo fazer a primeira interferência na qual questionava o fato de a administração  municipal estar registrando déficit mensal de cerca de 1 milhão de reais. A seguir, vieram mais de 20 intervenções, sempre com críticas repetitivas à gestão municipal, com a maioria focando nas dificuldades na educação,  saúde e no atraso de salários dos servidores "apesar desse déficit de 1 milhão de reais/mês". Entre as denúncias, se destacaram as proferidas pelo vice-prefeito Rodrigo Aladim, que falou do "descaso com a saude pública com morte por contaminação hospitalar" e do blogueiro Edésio que fez questão de transmitir pelo microfone que usava um áudio que ele assegurava ser de autoria do jornalista Bosco Afonso, ali presente, ao convocar os secretários e demais auxiliares da administração municipal para a Audiência Pública e prometia chicotadas a quem não comparecesse. No momento, o representante do prefeito Tulio Lemos  pediu à parte para dizer que "esse áudio é forjado. Não identifico como sendo minha voz e por isso peço que o MP questione quem o apresentou e investigue a origem".

A gestão  municipal se fez presente através dos representantes de suas pastas com o objetivo prestar esclarecimentos com total transparência.  O secretário Elias Medeiros Junior, de Administração e Finanças, justificou o desequilibrio financeiro do município e falou na necessidade de uma reengenharia funcional "e para isso seria necessário fechar 5 escolas e 2 unidades de saúde. Cheguei, inclusive a fazer essa sugestão  ao prefeito Tulio Lemos,  que descartou imediatamente essa possibilidade". A vereadora Dyana Lyra descartou denúncias de que os vereadores não trabalham ao afirmar que "trabalham, sim. Os vereadores apresentam seus requerimentos,  em defesa dos interesses da população". 

Em sua interferência,  a enfermeira Nayara Almeida, Coordenadora de Saude Epidemiológica do Hospital Antonio Ferraz, desmontou a denúncia  do vice-prefeito Rodrigo Aladim ao mostrar como se detecta óbito por infracção hospitalar, "inclusive envolve a participação da secretaria de saude do Estado. Portanto, posso garantir ao vice-prefeito que nao houve nenhuma morte aqui em Macau por conta de infecção hospitalar".
O blogueiro Edésio reconheceu que o áudio apresentado era um fake e pediu  desculpas, mas o promotor MacLenon confirmou  que vai pedir o áudio para investigação.  Ao final, o presidente da mesa concedeu espaço à secretaria de saúde Lucyane Guerra que reconheceu as dificuldades no seu setor, mas mostrou as conquistas alcancadas pela gestão  e criticou "essas pessoas que ocupam as redes sociais para deturpar fatos envolvendo vidas". Sobre sua saida da secretaria, Lucyane  disse que "só tenho a agradecer ao prefeito Tulio Lemos a oportunidade que me deu em aplicar  meus conhecimentos em favor dos macauenses e vou continuar ajudando a essa gestão ". 

Dos participantes que apresentaram repetidas denuncias contra a gestão do prefeito Tulio Lemos não foi apresentada qualquer sugestão para  execução em 2020, mas o promotor MacLenon Leite.


MP Promove audiência pública para ouvir sugestões sobre as necessidades da população para o próximo ano MP Promove audiência pública para ouvir sugestões sobre as necessidades da população para o próximo ano Reviewed by Portal Macauense on 10/10/2019 06:51:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Macauense.com.br

PUBLICIDADE