» » » » » O Caos foi superado

Macauense - Hoje, quem vai às escolas públicas em Macau, no início de cada turno encontra a Guarda Municipal agindo; quem vai aos órgãos da Secretaria de Assistência Social encontra todos em pleno funcionamento; quem vai a qualquer uma das creches, encontram todas em plena atividade, professoras com salário em dia e alimentação para os pimpolhos; quem vai a qualquer uma das 23 escolas municipais, constata a presença de professores e a merenda escolar sendo servida aos estudantes: quem trafega com alunos para outras cidades, constata a mudança na qualidade do transporte; quem vai a uma das Unidades Básicas de Saúde percebe a mudança no tratamento, no atendimento e constata a permanência de profissionais com o pronto atendimento, inclusive no fornecimento de medicamento.
Problemas, desencontros e a necessidade de ajustes sempre vão acontecer na administração pública, seja ela gerida por quem quer que seja, principalmente quando a engrenagem da máquina está sendo azeitada para funcionar a pleno vapor.
Assim é a administração do prefeito Túlio Lemos, depois de ter recebido de seu antecessor – mesmo sem a transição devida – o município cheio de problemas, com débitos incalculáveis, a arrecadação em declínio e tudo que é emergencial sem os devidos cuidados para serem tocados.
Mesmo assim, com a arrecadação em queda desde o mês de janeiro, Tulio conseguiu até então pagar os salários dos servidores efetivos, comissionados e aposentados rigorosamente em dia, além do parcelamento de salários atrasados com professores, pessoal da saúde, vigias, motoristas, ASGs e demais categorias.
A intensificação dos serviços na área de saúde impactou, sim, as finanças combalidas do município. Mas para o prefeito Tulio Lemos “é preciso fazer uma reengenharia financeira para atendermos bem a população na área de saúde”.
E é por isso, talvez, que alguns poucos insatisfeitos por outras razões estejam postando nas redes sociais a existência de um “CAOS NO CEM”. Realmente, deve estar acontecendo um verdadeiro CAOS no Centro de Especialidades Médicas. E certamente está. É que quando o prefeito Tulio assumiu o governo apenas 04 (quatro) especialidades eram atendidas no CEM.
Hoje, pasmem, são 14 (quatorze) especialidades, cujos atendimentos acontecem no mesmo espaço, onde centenas de pessoas circulam em busca do atendimento em cardiologia, oftalmologia, urologia, pediatria, ginecologia, proctologia, gastroenterologia, psiquiatria, fonoaudióloga, dermatologia, reumatologia, ortopedia, otorrinolaringologia, além de exames específicos como Eco cardiograma, Endoscopia digestiva e Mutirão de Glaucoma, com direito aos exames e entrega de colírio. É esse, talvez o CAOS anunciado. Excesso de pessoal circulando num espaço tão reduzido.
Quem não lembra que o ano letivo passado foi estendido até 2017 porque faltou merenda escolar e professores e alunos se uniram no protesto contra a continuação do CAOS? Mas, alguém noticiou isso? Ah, também esqueceram rápido que em 1º de janeiro de 2017 a Prefeitura de Macau devia quatro folhas de pessoal, sendo duas de aposentados-pensionistas e outras duas de efetivos. Tulio já pagou quase dois milhões dessa dívida herdada em apenas cinco meses. Esse CAOS já era.
Hoje, se em 1 das 23 escolas falta merenda por conta de gestão, vira um CAOS. Se, por acaso, um médico falta ao atendimento, os “paladinos da verdade” transformam aquela ausência num CAOS. Entretanto, os quase 3.500 alunos da rede escolar municipal recebem diariamente sua merenda que deverá, em breve, estar enxertada por produtos produzidos aqui em Macau, enquanto que o somatório de atendimentos no CEM passou para 250 pessoas/dia, que representa cerca de mais de 5 mil pacientes/mês.
Falhas na administração pública existem e sempre vão existir, mas a população sabe fazer a avaliação e constatar que hoje Macau vive outra realidade, onde até o respeito pelo nome de Macau foi reconquistado graças ao trabalho eficaz desenvolvido pelo prefeito Tulio Lemos.
E é assim que ele pretende continuar, fazendo tudo aquilo que prometeu na campanha eleitoral, contando com a fiscalização eficiente dos Vereadores e de todos os cidadãos e cidadãs que desejam as transformações que Macau precisa.
CAOS em Macau, nunca mais.
Publicidade
Image and video hosting by TinyPic

Macauense

Macauense.com.br
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Macauense.com.br