» » » » Rally RN 1500 consagra campeões inéditos em todas as categorias

Macauense - Saindo de Macau no sábado, 08, com destino a cidade de Currais Novos no Seridó Potiguar, o Rally RN 1500 teve como vencedores os pilotos - Tunico Maciel (motos), Pedro Henrique (quadriciclos), Luiz Nacif e Filipe Bianchini (carros) e Francinei Costa (UTVs) são os campeões da 19ª edição do Rally RN 1500, encerrado neste domingo, em Bom Jesus, a 46 km de Natal. Todos venceram a competição pela primeira vez. A prova, válida pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, teve cerca de 900 quilômetros de percurso pelo Rio Grande do Norte, com quase 500 de especiais, com muita areia, pedra, riacho seco, dunas e serras. 

- Fechamos mais uma edição do Rally RN 1500 com sucesso. Conseguimos proporcionar uma prova ao nosso estilo, com grande variedade de terreno e bastante exigente para pilotos, navegadores e equipamentos. Fico feliz que todos tenham gostado e agradeço a todos que ajudaram a fazer esse evento - destacou Kleber Tinoco, diretor geral da competição.

Na disputa de carros, válida pelas terceira e quartas da temporada no Brasileiro, o título ficou com Luiz Nacif e Filipe Bianchini. Eles venceram a primeira etapa e fizeram dois terceiros lugares, garantindo a primeira colocação no geral com o tempo de 7h15min58seg. A segunda colocação ficou com a dupla Michel Terpins/Maykel Justo, seguida por Marco Tulio Regadas/Andrews da Costa.

- As provas do RN 1500 são muito boas, são completas, com praia, duna, areia, trial, cascalho. Acho demais essa prova. Precisa de um equilíbrio, ter braço e cabeça. Nossa dupla tem isso e, assim, conseguimos chegar a esse título - afirmou Nacif. 

Nas motos, Tunico Maciel, da Honda Racing Rally Team, fechou o rali com o segundo lugar na terceira etapa, mas manteve a vantagem para Gregório Caselani, seu companheiro de equipe. Tunico totalizou 6h49min27seg, enquanto Gregório fechou com 6h50min28seg. O terceiro lugar foi de Jean Azevedo.

- Estou muito feliz. Dei sorte no primeiro dia, pois andei muito e consegui a liderança. Vim administrando-nos duas últimas etapas e hoje (domingo) andei forte para não deixar o Gregório me pegar, conseguindo uma vantagem de um minuto. É muito importante ganhar o RN 1500, o segundo maior rali do país. O Campeonato Brasileiro está só começando e agora é me preparar para as demais etapas - destacou o campeão.

Macauense

Macauense.com.br
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Macauense.com.br