» » » Tulio pede declaração de bens de secretários e avisa que a corrupção não terá espaço no seu governo

Macauense - “Não adianta querer ganhar muito por pouco tempo e se dar mal depois na profissão e na vida pessoa. E melhor ganhar pouco por muito tempo e receber o respeito da população”. A afirmação foi do prefeito de Macau Tulio Lemos, logo na primeira reunião de secretários, onde o chefe do executivo municipal cobrou a declaração de bens de todos os auxiliares de 1º escalão do seu governo.

Tulio lembrou que durante toda a sua trajetória no jornalismo foi parceiro dos órgãos de fiscalização dos governos em todas as esferas no combate a corrupção, a exemplo do Ministério Público e dos Tribunais de Contas. “Como prefeito não posso fazer diferente, minha palavra e o meu compromisso com uma gestão séria e transparente estará acima de qualquer coisa”, destacou.

O prefeito Tulio Lemos também disse que as práticas antigas, onde algumas pessoas procuravam se dar bem em tudo ficarão no passado. “O controle será rígido em todos os setores, inclusive no uso de combustível, medicamento, merenda escolar e junto aos prestadores de serviços. A coisa pública em Macau agora tem dono e esse dono é o povo”, disse Lemos, reforçando que a população terá como comprovar esse discurso funcionando na prática.



Macauense

Macauense.com.br
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Macauense.com.br