» » » Vereador emiti nota sobre desaprovação de sua prestação de contas com a justiça eleitoral

Macauense - Após publicarmos a matéria em nosso portal sobre a desaprovação da prestação das contas do vereador eleito nesta última eleição, que figurou como candidato pelo (PPS)Emmanuel Clelio de Oliveira Carlos (Kekel), pediu direito de resposta, no qual nos prontificamos em atende-lo, o mesmo contestou em nota, disse que essa decisão não complicará a sua diplomação e assunção do cargo e consequentemente o exercício do seu mandato como vereador, e que as irregularidades são plenamente corrigíveis. Disse o vereador eleito.
A decisão da desaprovação da prestação das contas foi dada pela Juiza da 30ª zona eleitoral de Macau, Dra. Andrea Cabral Antas Câmara, que baseou-se em uma análise técnica feita pelo próprio tribunal que constatou várias irregularidades como: Extrapolação de limite de gastos - Omissão de receitas e gastos eleitorais - Não identificação de doadores originários e Análise da movimentação financeira - as irregularidades culminaram na desaprovação das contas do vereador eleito Kekel.

NOTA

Esclarecendo o que querem distorcer:
O parecer técnico rejeitando minhas contas eleitorais não complicará minha diplomação e assunção do cargo; o resto é mero terrorismo e confusão mental da galera que ganhou, querendo induzir povo a erro, querendo forçar que isso impede assumir, quando a irregularidade é plenamente corrigível, está sendo consertada e não é nem de longe crime eleitoral.

Att,
Dr. Kekel




Macauense

Macauense.com.br
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Macauense.com.br